Zebra aparece na África em Copa mediocre

Suíça vebce Espanha e lidera Grupo

Acabou a primeira rodada da Copa de 2010 e a zebra apareceu galopando na África do Sul, na Copa que vem sendo uma das competições mais fracas desde 1930, em 19 edições: a Suíça surpreendeu a Espanha e ganhou de 1 a 0, quando a Fúria Espanhola, mais uma vez, seguiu sua sina de fazer muita festa e prever como favorito mas decepcionou sua torcida – já conformada com a síndrome do fracasso espanhol – e principalmente os apostadores das bolsas de Londres e do restante do mundo que diziam que ela seria campeã agora. Inacreditável brasileiros e brasileiras e amantes do futebol…

O único gol foi de Gelson Fernandes e até agora muita gente ainda dúvida, especialmente os torcedores suíços e mais ainda os espanhóis, que esperavam uma vitória fácil dos hermanos europeus. A Espanha fez feio diante da Suíça na estréia da Copa do Mundo e provocou a primeira derrota de uma grande favorita ao título. Nos últimos 49 jogos, é a segunda derrota da Fúria de Espanha e o resultado desencantou e entristeceu os fãs do futebol espanhol e de seus craques. A seleção espanhola somava  até quarta-feira, 16 de julho de 2010, 44 vitórias, três empates e apenas uma derrota, para os Estados Unidos, pelas semifinais da Copa das Confederações, em 2009.

Já a Suíça igualou o recorde da Itália – de 1990 – de ficarem cinco jogos de Copa do Mundo sem tomar gol. No Mundial da Alemanha, os suíços foram eliminados, nos pênaltis, nas oitavas-de-final contra a Ucrânia e deixaram a competição sem ter levado gols no tempo regulamentar.  Mesmo dominando  o primeiro tempo – 67% de posse de bola – a Espanha levou gol no início  do segundo tempo. Após contra-ataque,  o suíço Derdyok dividiu com goleiro Casillas e com Piqué e a bola sobrou para Gelson Fernandes completar para o fundo das redes logo aos 6 minutos. 

Depois do gol  suíço, a Espanha continuou pressionando, mandou uma bola no travessão, mas não conseguiu chegou a fazer o gol de empate. A Espanha começou no ataque, reclamou pênalti aos 13 minutos do primeiro tempo, após Silva ser derrubado por Senderos. Só que a seleção da Suíça estava preparada e contou com a sorte para resistir, fazer seu gol e ganhar o jogo histórico. Caiu a primeira grande seleção favorita e a zebra finalmente apareceu na África. Estava em casa e acabou com a marra dos espanhóis…   

Xabi Alonso quase empatou o jogo. O espanhol deu um forte chute e a bola bateu no travessão. Só que a Suíça também chegou próximo do segundo gol com  o mesmo Gelso Fernandes criando um carnaval na área espanhola e mandando bola também na trave. Inacreditável…

Como a vitória da Suíça e também do Chile – sem surpresas  – sobre a fraca Honduras, na abertura da rodada do Grupo H,  suíços e chilenos estão na liderança com três pontos ganhos,  ficando Espanha e Honduras sem pontos. No  dia 21 de junho, próxima segunda-feira, a Suíça enfrenta o Chile, em Port Elizabeth, e a Espanha joga contra a Honduras, precisando vencer e bem para seguir sonhando em passar para as oitavas-de-final e, mais ainda, ser campeão mundial, apesar o fracasso inicial.

O importante é que depois do fim da primeira rodada da Copa da África do Sul, com Suíça 1, Espanha 0, em Durban,  depois de 16 jogos, a  Copa’2010 vai  surpreendendo negativamente pelo futebol fraco, pela mediocridade da maioria das seleções e o fracasso dos craques que surgiam como destaques antecipados. Nos 16 jogos desde África do Sul 1, México 1,  dia 11 de junho, em Joanesburgo, até Suíça 1, Espanha 0, em Durban, nesta quarta-feira, dia 16 de junho, aconteceu apenas uma goleada de 4 a 0 da Alemanha  na Austrália e só foram marcados 25 gols com médica fraca de 1,6 gols por partida. Agora que a segunda rodada começou também nesta quarta-feira com África do Sul 0, Uruguai 3, em Pretória, a expectativa é que o nível de jogos e os gols sejam com maior fartura. Chega de pernetas e de jogos ruins na copa da África. Cruz credo…

Para a história, eis a ficha técnica de Suíça 1, Espanha 0, em Durban:

Local: Estádio Moses Mabhida, em Durban (África do Sul)
Data: 16 de junho de 2010 (Quarta-feira)
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Howard Webb (Inglaterra)
Cartão amarelo: Grichting, Ziegler, Benaglio e Yakin (SUI)
Gol: Gelson Fernandes, aos 6 min do 2º  tempo

ESPANHA – Casillas, Sergio Ramos, Piqué, Puyol e Capdevila; Busquets (Fernando Torres), Xavi, Xabi Alonso, David Silva (Navas), Iniesta (Pedro); David Villa. Técnico: Vicente del Bosque

SUÍÇA – Benaglio, Lichtsteiner, Senderos (Von Bergen), Grichting e Ziegler; Huggel, Inler, Gelson Fernandes e Tranquillo Barnetta (Eggimann); Blaise N’Kufo e Eren Derdiyok (Yakin). Técnico: Ottmar Hitzfeld.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s