Kaká ataca Kfoury: Seleção x jornalistas tem novo round

Kaká rebate jornalista em coletiva

A notícia mais comentada e lida nesta terça-feira, dia 22 de junho, na África do Sul e no Brasil não foi a disputa da última rodada  dos Grupos A e B, com México 0x1 Uruguai, em Rustemburgo,e França 1×2 África do Sul, em Bloemfonteim, pela manhã e Nigéria 2×2 Coréia do Sul, em Durban, e Grécia 0x2 Argentina, em Polokwane à tarde, sempre no horário de Brasília. A atração foi novo round dos destaques da Seleção Brasileira contra jornalistas brasileiros e internacionais. Uma guerra sem fronteiras…

Depois de Dunga estranhar a turma da TV Globo, ameaçando e xingando o apresentar Alex Escobar depois de Brasil  3, Costa do Marfim 1, domingo passado, nesta terça-feira foi a vez de Kaká aproveitando uma pergunta do repórter André Kfoury, ter atacado o comentarista e blogueiro Juca Kfoury diretamente.

As relações entre a imprensa e personagens da Seleção Brasileira não são nada amistosas sempre, mas agora estão atingindo a uma situação constrangedora e até perigosa. O certo é que as provocações e ironias de Dunga contra os que o atacam e apontam falhas e problemas na seleção dele, estão piorando e, definitivamente, estremecidas. Antes era com a Rede Globo  e seus representantes, agora  além da Globo há um entrevero do jornalista Juca Kfouri e o atacante Kaká, com o repórter da TV ESPN, André Kfoury, no meio. Fantástico e extraordinário como consequências incontroláveis se não surgirem medidas no comando da CBF e também das empresas de rádio, televisão e jornais, além da Internet.

Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira, dia 22, Kaká, ao responder pergunta do jornalista André Kfouri – filho de Juca Kfoury – disse ser perseguido por motivos não profissionais, mas de crença. “Há algum tempo, em seu blog, os canhões do teu pai têm me atingido. Queria aproveitar a pergunta para responder às críticas que ele vem fazendo. O motivo pelo qual Juca me ataca não é profissional, ele já deixou claro que me ataca porque eu defendo publicamente a minha fé em Jesus. Mas da mesma forma que eu respeito ele como ateu, gostaria que ele respeitasse a mim e a milhões de brasileiros que crêem em Jesus Cristo”, disse.

A fala do jogador cobrando do colunista e blogueiro, tem a ver, diretamente, com a coluna de Kfouri, publicada na última segunda-feira no jornal Folha de S.Paulo, na qual o jornalista afirma que o camisa 10 da seleção está jogando a Copa do Mundo “no sacrifício” e que seu problema no quadril poderá, até mesmo, abreviar sua carreira. 

Os desdobramentos começaram a acontecer e certamente vão seguir até sexta-feira, dia 25 de junho, quando a Seleção Brasileira, sem Kaká que foi expulso contra Costa do Marfim,  enfrenta  Portugal, às 11 horas, em Durban, fechando a primeira fase do Grupo G. 

 

Provocações e problemas não vão faltar numa Copa do Mundo que os jogos estão sendo fracos e sem grandes emoções – com as exceções de sempre – mas está completa com escândalos, brigas, xingamentos e tudo mais fora dos gramados. É um Deus nos acuda gente brasileira. Essa briga da Seleção Brasileira e suas estrelas com os jornalistas ainda vai dar muita confusão. Basta esperar e conferir…

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s