Portugal 3, Brasil 1: vexame para esquecer

Portugal eliminou Brasil na Copa da Inglaterra

Brasil e Portugal encerram nesta sexta-feira, dia 25 de junho, em Durban, o Grupo G da primeira fase da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. As duas seleções  estão classificadas antecipadamente, mas ainda vale a disputa pelo primeiro lugar e as vantagens do regulamento para as oitavas de final na semana que vem.

O confronto entre Brasil e Portugal, no Estádio Moses Mabhida, em Durban, vale para se saber quem passa em primeiro lugar no Grupo  G. A Seleção Brasileira já está matematicamente classificada para as oitavas de final e Portugal só fica de fora se perder, e Costa do Marfim vencer a Coréia do Norte, no mesmo horário, em Nelspruit, tirando uma diferença no saldo de gols a favor dos portugueses que atualmente é de nove. Mesmo parecendo  um jogo de compadres,  o confronto vale pela rivalidade e para Dunga e seus anõezinhos vingar uma derrota inesquecível dos brasileiros no tempo de Pelé e companhia, com o time nacional perdendo a chance, como favorito, de ser tricampeão mundial na Copa da Inglaterra.

O único jogo entre Brasil e Portugal, em Copa do Mundo, marcou um dos maiores fracassos da Seleção Brasileira na competição internacional. Depois de ser bicampeã, em 1958, na Suécia; e 1962, no Chile, o Brasil chegou à Inglaterra como provável campeão, mas as falhas na preparação, excesso de jogadores testados (mais de 60) e a marcação implacável da defesa portuguesa em cima de Pelé e companhia garantiram o triunfo português.

Depois da estréia em 1966 vencendo a Bulgária, por 2 a 0, gols de Garrincha e Pelé, o Brasil perdeu a segunda partida para a Hungria, por 3 a 1, e entrou no confronto contra Portugal, em Liverpool, com  obrigação de ganhar e lutar pelo tricampeonato.

Como perdeu no jogo de Copa do Mundo, o Brasil está  por baixo nos jogos recentes, que têm como estrela Luiz Felipe Scolari, que comandou os portugueses nas duas vitórias alcançadas sobre a Seleção Brasileira, em amistosos na Cidade do Porto e em Londres.

O grande campeão mundial de 2002, Felipão está invicto no confronto, pois no primeiro jogo disputado entre as duas seleções, neste século, ele comandava a Seleção Brasileira, que empatou por 1 a 1 com Portugal num amistoso realizado em Lisboa, pouco antes da Copa do Mundo da Coréia do Sul e Japão, quando o Brasil conquistou o penta. Os confrontos recentes entre as duas seleções. No total de partidas disputadas até hoje,  a vantagem brasileira sobre Portugal é grande. Em 18 partidas, o Brasil venceu 12 e perdeu apenas quatro, com mais dois empates. A Seleção Brasileira marcou 36 gols e sofreu 15, com saldo de 21 gols para os brasileiros.

A maior goleada da história  foi conquistada pelo Brasil comandado por Dunga, que tem uma derrota e uma vitória sobre os rivais desta sexta-feira, desde que assumiu a Seleção, após o Mundial de 2006. Na reinauguração do Bezerrão, em 19 de novembro de 2008, o Brasil fez 6 a 2 sobre Portugal.

É o segundo jogo de Copa do Mundo entre brasileiros e portugueses nas 19 edições da disputa internacional, desde o Uruguai em 1930 até a África do Sul’2010. Historicamente, a única vez que Brasil e Portugal jogaram pela Copa do Mundo, foi em 1966, na Copa da Inglaterra, e os brasileiros favoritos e bicampeões mundiais, acabaram eliminados pelos portugueses, melancolicamente e com um vexame que merece ser esquecido, ainda na fase de classificação.

O jogo lamentável e duro de ser relembrado, foi no dia 19 de julho de 1966 e o Brasil, abismado, sofreu com a Seleção que tentava o tricampeonato mundial depois de brilha em 1958, na Copa da Suécia, e repetir a façanha em 1962, na copa do Chile, com o grande bicampeonato que tornou o futebol tupiniquim famoso e respeitado em todo mundo. Fantástico e extraordinário…

Inacreditavelmente a Seleção Brasileira que era bicampeã e favorita na Inglaterra teve participação medíocre e  acabou eliminada na primeira fase, ficando em 11º lugar geral, com a seguinte campanha: 3 jogos, 1 vitória e 2 derrotas , 4 gols a favor e 6 gols contra, com o pífio saldo de  -2 gols, decepcionando a torcida brasileira e os amantes do futebol de todo mundo.

Para guardar e nunca mais se sonhar em atuações tão fracas, eis as fichas dos jogos do Brasil na Copa de 1966, que teve a Inglaterra campeã e  muitas reclamações, denuncias e críticas pelo favorecimento dado aos ingleses:

Primeira Fase -12/julho/1966
Brasil 2 x 0 Bulgária
No Estádio Goodison Park (Liverpool)
Árbitro: Tschenscher (Alemanha Ocidental)
Gols: Pelé no 1º tempo; Garrincha no 2º tempo.
Brasil: Gilmar; Djalma Santos, Bellini, Altair, Paulo Henrique; Denílson e Lima; Garrincha, Alcindo, Pelé e Jairzinho.
Bulgária: Naidenov; Chalamanov, Penev, Voutsov, Gaganelov; Kitov, Jetchev; Dermendjev, Asparoukhov, Yakimov, Kolev.

Dia 15/julho/1966 – No mesmo Estádio  Goodison Park (Liverpool)
Brasil 1 x 3 Hungria
Árbitro: Callaghan (País de Gales)
Gols: Bene e Tostão no 1º tempo; Farkas, Meszoli (pênalti) no 2º tempo.
Brasil: Gilmar; Djalma Santos, Bellini, Altair, Paulo Henrique; Lima e Gérson; Garrincha, Alcindo, Tostão, Jairzinho.
Hungria: Gelei; Kapozta, Matrai, Meszoly, Szepesi; Sipos, Mathesz; Bene, Albert, Farkas, Rakosi.

19/julho/1966
Brasil 1 x 3 Portugal
No Goodison Park (Liverpool)
Árbitro: McCabe (Inglaterra)
Gols: Eusébio e  Simões no 1º tempo; Eusébio e Rildo no 2º.
Brasil: Manga; Fidélis, Brito, Orlando e Rildo; Denílson e Lima; Jairzinho, Silva, Pelé e Paraná.
Portugal: José Pereira; Morais, Batista, Vicente, Hilário; Jaime Graça, Coluna; José Augusto, Eusébio, Torres, Simões.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s