Espanha é campeã do mundo!

Capitão Casilllas ergue taça de campeão

Arriba, España siempre. O grito dos espanhóis finalmente foi confirmado e a Espanha é finalmente campeã do mundo, depois de conquistar, com a mesma base, a Eurocopa. Derrubou, por ser melhor durante todo o jogo e a prorrogação,  a Holanda que segue sua sina-maldição de  perder as decisões e ser novamente  vice-campeã mundial na Copa da África’2010, repetindo as decepções de 1974 na Alemanha Ocidental, quando perdeu dos alemães, e de 1978, quando perdeu também na prorrogação na Copa da Argentina, também para os donos da casa, no estádio do River Plate, em Buenos Aires.

A Fúria Espanhola liquidando a Holanda com gol de Iniesta na prorrogação acabou com tabu e com o complexo de inferioridade dos espanhóis que não acreditavam tanto em sua seleção nacional mesmo tendo, desde os anos 50 do século passado, os melhores times e o melhor campeonato do futebol europeu e do mundo. Quando o juiz inglês Howard Webb depois de confirmar o gol de Iniesta, o melhor de campo e um dos craques da Copa 2010, encerrou a final da Copa Africana  no último minuto prorrogação, os espanhóis explodiram no Estádio Soccer City, em Joanesburgo, na África do sul, na Europa, na Espanha, nas principais regiões enclaves de Espanha, cantando, gritando, chorando e dançando com a grande e sonhada vitória internacional.

A conquista espanhola também uniu os povos de Espanha. Catalães. bascos e demais povos que dividem o conturbado desenho político espanhol esqueceram as diferenças políticas e ideológicas,  para torcer e vibrar com a escalada de Iniesta e seus companheiros na busca do primeiro e merecido título da história das Copas do Mundo da Espanha.  A Fúria é campeão com justiça e força. Perdeu só para a Suíça na estréia, nas oitavas de final e depois jogo mais que todos adversários, culminando com a suada e muito merecida festa com o 1 a 0 sobre a Holanda. Arriba, España…

Toda colorida de vermelho e amarelo, a Espanha amanheceu neste domingo (11 de julho de 2010) cantando e torcendo para a disputa de sua primeira final em um Mundial de futebol contra a Holanda, com a esperança de bordar sua primeira estrela na roja, como os espanhóis chamam a camiseta de sua seleção.

Madri parou para ver os campeões

A festa foi completa e lotou praças, avenidas e ruas, também praias e balneários desde Madrid a Barcelona, de Sevilla a Santander ou Bilbao. Era a antevisão de que aquele mar de camisas vermelhas previa a maior conquista esportiva e cultural da velha Espanha. Antes, durante e depois da final na África, os espanhóis e simpatizantes não se entregaram e acreditaram na festa da vitória.

Até a mídia espanhola, sempre tão crítica e de certa forma pessimista,  desta vez acreditou no time, no técnico Del Bosque e nos jogadores, titulares e reservas. Basta ver que  a capa do jornal esportivo Marca deu a senha especial e ousadamente, na edição deste domingo, abriu uma foto da camiseta vermelha da Seleção Espanhola, sob o título: “Hoje colocaremos a estrela na camiseta”, antecipando o título e folia à espanhola pelo mundo. O ABC ocupou toda a primeira página com uma única palavra: Espanha. E valeu a pena o otimismo de jornalistas e torcedores. Os espanhóis  se preparam, neste domingo, sob um intenso calor, para viver a primeira final de um Mundial, dois anos depois de a Espanha se consagrar campeã da Europa perante a Alemanha, e mostraram que sabem conhecer um time campeão.

Em campo, foi superior à Holanda que ainda não tinha perdido e era apontada como franca favorita pela maioria dos não espanhóis. Deu Espanha e o futebol foi reabilitado com as disputa que teve de tudo, menos futebol defensivo e desrespeito aos torcedores e à bola. Em Madrid a maior festa foi nos telões instalados na Praça de Cibeles – local tradicional de comemorações do Real Madrid -, na vizinha Avenida Recoletos, e perto do Estádio do Real Madrid, o Santiago Bernabeu. As estátuas, monumentos e fontes de Madrid foram ocupadas antes, durante e principalmente depois da vitória com gol de Iniesta na prorrogação. Bandeiras vermelhas e amarelas caiam de balcões, de carros e motos; camisetas da Fúria eram levadas nas costas pelos madrilenses que caminhavam pelas ruas da capital espanhola, dando a sensação de que desta vez  o título não seria frustrado. E a esperança da população se tornou realidade e a Espanha está feliz. Uma grande festa à espanhola….

Em Barcelona , na região da Catalunha, Noroeste  espanhol, à beira do mar, as rivalidades de Barcelona  e Madrid, transferidas para o futebol  pelo  Barça, principal time da cidade e da região, e pelo Real Madrid, da capital, foi superado pelo amor à Espanha e pela Seleção Espanhola. Na capital da Catalunha, um telão foi instalado na Praça de Espanha,  mais de 100 mil pessoas comemoram antes, durante e depois da vitória. Nas janelas, balcões e mastros, por toda parte se via as bandeiras Catalãs, as chamadas “senyera”, também em vermelho e amarelo, mas em listras, mas outras espanholas surgiram na vitória e a festa foi completa, porém mais discretamente.

Também na região de Navarra onde o nacionalismo basco é muito forte, se comemorou a vitória espanhola. Ou seja, a campanha e a vitória da  Espanha conseguiu unir, mesmo que momentaneamente, os povos espanhóis. Questões políticas à parte, a Espanha ganhou a copa do Mundo com categoria e talento.  Um campeão de fato e de direito. Viva, Espanha…

Eis a ficha para a história de Espanha 1, Holanda 0, em Johannesburgo, na África do Sul, no Estádio Soccer City:

Espanha: Casillas, Sergio Ramos, Piqué, Puyol e Capdevila; Xabi Alonso (Fabregas), Busquets, Xavi e Iniesta; Villa (Torres) e Pedro (Jesus Navas). Técnico: Vicente del Bosque.

Holanda: Stekelenburg, Van der Wiel, Heitinga, Mathijsen e Van Bronckhorst (Braafheid); Van Bommel, De Jong (Van der Vaart) e Sneijder; Kuyt (Elia), Van Persie e Robben. Técnico: Bert van Marwijk.

Gol: Iniesta, aos dez minutos do segundo tempo da prorrogação.

Iniesta garante título espanhol

Pouco antes desta final, a estrela de pop colombiana Shakira com um grupo de estrelas de vencedores do Grammy Award (Ladysmith Black Mambazo, Jozi, Stoan Seate, Slikour, Zuluboy, Abigail Kubeka, Theo Kgosinkwe, “Afrikaans artists” Nianell e o flautista Wouter, 2-Face Idibia da Nigéria, Samini do Gana e o célebre grupo folclórico Ihashi Elimhlophe)  animaram a torcida que lotou o estádio Stoke City.

A cerimônia de encerramento e a final entre a Espanha e a Holanda foi retransmitida em 215 países com mais de 500 milhões de telespectadores, segundo os organizadores. A final foi a apoteose duma competição de um mês que criou grandes surpresas, com a eliminação prematura de  Brasil, pentacampeão do mundo; a Itália, detentora do título; França, vice-campeã, a Argentina e a Inglaterra. Depois da Alemanha e da Holanda, o ex-Presidente da África do Sul, Nelson Mandela, esteve no estádio Soccer City de Joanesburgo, para homenagear a Copa 2010, realizada pela primeira vez num país africano.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Espanha é campeã do mundo!

  1. Alexandre Simões disse:

    Grande Perez. Veja o que é o futebol. Uniu a Espanha como nunca se viu. Me lembrei do Roberto Drummond, que dizia ser o Atlético o maior partida político de Minas. Abs e vamos ver o que nos reserva o reinício de Brasileiro. Acho que tempos terríveis. Tomara que os mineiros me desmintam.

  2. Andre disse:

    Falar de Espanha vem na lembrança a copa de 1982 com a Selegalo. Pena que o Brasil não trouxe o caneco. A comemoração da Espanha em Madrid foi muito marcante. Força brava gente espanhola.

  3. Janey silva disse:

    hello man, Your comment about game are so special, i bookmark yours website to visit any weak, i suggest you visit this blog: hxxp://www.jogosonlaine.[org] – thanks man for this kind of information! John A. Cristens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s