Cruzeiro e Inter atrás de vaga no G-4

Montillo é a esperança da China Azul hoje a noite

O Cruzeiro tenta mostra nesta quarta-feira, 8 de setembro, na abertura do returno do Campeonato Brasileiro’2010, que  o técnico Cuca encontrou a melhor formação do time azul e demonstrar que com o fechamento do Mineirão e do Estádio Independência, em Belo Horizonte e os problemas da Arena do jacaré, em Sete Lagoas, o Parque do Sabiá, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro é a sua nova casa e lá vai poder  se importa regional e nacionalmente.

Depois de ganhar do Flamengo e do Palmeiras, o Cruzeiro  busca a terceira vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro contra  mais um rival tradicional, na briga pelos títulos e a liderança na competição, com o  Internacional de Porto Alegre o jogo nesta quarta-feira, às 19h 30, no Parque do Sabiá, vai ter também importante para o clube mineiro comprovar sua força como mandante contra os gaúchos. Os times já se enfrentaram 66 vezes na história do futebol brasileiro e  o Cruzeiro tenta manter uma invencibilidade jogando em Minas.

A última derrota em casa para o Internacional foi em 20 de outubro de 2004, pelo placar de 1 x 0, gol de Rafael Sóbis, que novamente será adversário do Cruzeiro nesta quarta-feira. A partida foi pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana e garantiu a classificação do adversário. De lá para cá, foram quatro vitórias e um empate em Minas Gerais, com 11 gols marcados e seis sofridos para os mineiros.

O Cruzeiro leva  vantagem nos confrontos em casa contra o Internacional ao longo da história dos clássicos entre mineiros e gaúchos. O time  azul teve 16 vitórias, garantiu nove empates e apenas cinco derrotas contra os gaúchos em Minas. São 55 gols a favor  e 34 contra até aqui. No total, o Inter leva ligeira vantagem, são 25 vitórias dos gaúchos, contra 23 do Cruzeiro, e 18 empates. Os cruzeirenses marcaram 86 gols e sofreram 87. Em todas as competições em Minas e Rio Grande do Sul, conforme levantamento do endereço www.cruzeiro.com.br.

O Cruzeiro já está em Uberlândia, onde treinou no Parque do Sabiá,  e Cuca não terá três jogadores considerados titulares. Cláudio Caçapa e Robert estão com torção no tornozelo esquerdo e Fabrício sofreu um estiramento na coxa direita. Os três já haviam ficado fora do jogo contra o Palmeiras. Outro desfalque é o zagueiro Edcarlos, que recebeu o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão. Se seguir com o esquema 3-5-2, o técnico Cuca tem o zagueiro Wellington como opção para formar o trio com Gil e Léo. Caso a opção seja pelo 4-4-2 do segundo tempo contra o Palmeiras, os volantes Everton e Fabinho e o meia Roger são as opções para duas vagas no setor que já conta com os volantes Henrique e Marquinhos Paraná. As atrações do Cruzeiro serão os argentinos Montillo e Farias que jogaram bem e marcaram gols na virada sobre o Verdão do Parque Antártica, no Pacaembu.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s