Atlético dá vexame, Cruzeiro empata

Gol de Neto Berola deu esperanças à torcida, que sai frustrada no fim

O Atlético voltou a dar vexame, perdeu de 3 a 2 do Vitória da Bahia e deixou sua fanática torcida desolada e espantada com o novo fracasso, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas,  seguindo na zona de rebaixamento e a cada rodada ficando ainda mais ameaçado de cair novamente para a segunda divisão. Tem apenas 21 pontos ganhos em 69 disputados, sendo que na quinta-feira, dia 23 de setembro, vai enfrentar o Fluminense, no Rio, no Estádio Engenhão, podendo ter ainda mais complicada sua situação na disputa nacional. Já o Cruzeiro começou perdendo de 1 a 0 para o Botafogo no sábado, no Estádio Engenhão, virou o placar mas cedeu o empate de 2 a 2 para os cariocas e segue entre os quatro primeiros colocados que brigam pelo titulo brasileiro da temporada.

Com falha na defesa, meio-campo e ataque, o Atlético começou perdendo de 2 a 0 para o Vitória, com menos de 20 minutos de jogo, mas reagiu e chegou o empate. Só que levou o terceiro gol e perdeu mais uma disputa, agora dentro da Arena do Jacaré, considerada a nova casa atleticana com a destruição do Estádio Independência e o fechamento para obras de reforma no Mineirão. O goleiro colombiano Viáfara, do Vitória, fez 1 a 0 cobrando pênalti e o atacante Egídio fez 2 a 0 ainda no primeiro tempo. Daniel Carvalho marcou o primeiro gol atleticano no final do primeiro tempo, quando o Vitória estava com 10 jogadores pela expulsão de Anderson Martins.

No segundo tempo, Neto Berola fez o gol de empate atleticano.  Só que o Vitória estava melhor e fez 3 a 2 com Henrique em nova falha da defesa atleticana. A torcida atleticana ficou desesperada e novamente xingou os jogadores, além de ter gritado pela saída do  treinador Luxemburgo que esperava a reação para valer em Sete Lagoas e de nada adiantou, além da tal de concentração proposta pelos jogadores que ia mudar o comportamento do time no segundo turno.  Uma atuação lamentável do Galo Carijó e depois do jogo o presidente Alexandre Kalil foi para os vestiários e os jogadores e técnico demoraram a aparecer para a entrevista coletiva. Diego Tardelli disse na saída que lá na frente eles levam pancadas e que lá atrás a defesa atleticana está tirando o pé na hora da decisão.

Com confusão na sala e de imprensa da Arena do Jacaré, Luxemburgo chegou triste e cabisbaixo. Disse que  o Galo Carijó que esperava sair com três pontos ganhos e buscando a saída do grupo do rebaixamento, acabou ficando em situação ainda mais complicada. Evitou fazer comentários sobre atuações individuais dos jogadores atleticanos e assumiu a responsabilidade da derrota e de mais  um vexame atleticano. Voltou a dizer que o atlético ainda pode se recuperar, mas que os matemáticos agora estão com razão, mas falta muito jogo ainda. Pediu à torcida para seguir apoiando o Galo e que pode reagir. Ele defendeu o pacto dos jogadores para buscar a reação e que ele também está recolhido, trabalhando e buscando a recuperação total do campeão mineiro. Ninguém pode garantir que o Atlético já caiu, mas que a situação é grave. E que não vai se entregar nunca. Agora, o Galo enfrenta o Fluminense no Rio e corre risco de ficar em posição ainda pior no Brasileirão’2010.
Eis a ficha técnica de uma nova derrota do Atlético e aumento do desespero dos torcedores alvinegros da Colina de Lourdes:

Atlético 2,  Vitória da Bahia 3

Atlético – Fábio Costa; Diego Macedo (Neto Berola), Jairo Campos, Cáceres e Leandro; Alê, Serginho (Joedson), Ricardinho (Diego Souza) e Daniel Cavalho; Diego Tardelli e Obina.Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Vitória Viáfara; Eduardo, Thiago Martinelli, Anderson Martins e Egídio; César Santiago (Jonas), Ricardo Conceição, Bida e Elkeson (Renier); Henrique e Júnior (Schwenck). Técnico: Ricardo Silva

Gols: Viáfara (Vitória), de pênalti;Egídio (Vitória), Daniel Carvalho (Atlético), Neto Berola (Atlético),Henrique (Vitória).

Cartão vermelho:Anderson Martins (Vitória).

Juiz: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE). Bandeiras: Vaney Alves de Lima e Edmo Oliveira Santos (ambos do SE)

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Atlético dá vexame, Cruzeiro empata

  1. Alex Dias disse:

    É Rogério,
    O bicho tá pegando…
    Agora temos que torcer também para que os times: Goias, Atletico-Go, Avaí e
    Gremio Prudente percam a maioria dos seus jogos….
    A sorte do Galo é que o Avaí tá caindo e vai jogar com o mesmo aqui na arena
    do jacare e tambem pega o Goiás aqui também…
    Pega o Atleitco-GO lá e ainda tem o Ceará para tirar pontos lá…(teoria)
    Mas teoria não ganha jogo….Nada está perdido…me lembrei do Procópio…..

  2. Aldemário Filho disse:

    O Galo deveria ser fechado para balanço. Já o cruzeiro tá jogando bem, pena que o campeonato seja de cartas marcadas. O Corinthians mais uma vez será beneficiado pela CBF. Só teremos campeonatos honestos e justos no Brasil, quando a CBF, Rede Globo, Revista Veja e Folha de São Paulo tiverem poder reduzido e ou as novas mídias não forem controladas por eles.

    • Caro Aldemario, voc tem razo mas vai preso assim mesmo. Fechado o Galo j est h muito tempo e o Cruzeiro tem de estar pronto para encarar o Timo, Fluzo e o fogo dentro e fora de campo. Ou vai ficar chorando no final. RP

      ________________________________

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s