Cruzeiro toma sapeca-iaiá do Santos

Neymar fez a diferença contra o Cruzeiro

Só se falava da campanha do Cruzeiro com nove jogos sem perder  na fase pós-Copa da África, e na qualidade dos argentinos Montillo e Farías e do esquema montado pelo técnico Cuca, mas esqueceram que o adversário era o Santos de Neymar e os Meninos da Vila Belmiro deram uma goleada de 4 a 1 no time mineiro, sábado à noite, no Estádio Arena de Barueri, no interior de São Paulo. Mesmo perdendo a invencibilidade na décima partida, o Cruzeiro segue no terceiro lugar no Campeonato Brasileiro de 2010 e entre os três com direito a vaga para a Libertadores da América de 2011.

Após nove rodadas sem perder, o time comandado por Cuca não conseguiu superar o Peixe da Vila Belmiro e perdeu feio, por 4 a 1. Mesmo com a goleada vexatória, o Cruzeiro segue bem na disputa do Brasileirão’2010 na 3º colocação na tabela, atrás do Corinthians e Fluminense. No clássico de mineiros e paulistasem São Paulo,  válido pela 25ª rodada da competição, aconteceu o desempate entre santistas e cruzeirenses na história do futebol brasileiro, agora o Santos tem 22 vitória contra 21 do Cruzeiro.

Os gols do Santos  foram marcados por Marcel, Edu Dracena, Alex Sandro e Neymar. Thiago Ribeiro fez o único gol do time azul em Barueri. Os mineiros ficaram, ao perder a invencibilidade de nove jogos,  com 44 pontos, mais distante do líder Corinthians, que soma 47 pontos e tem um jogo a menos no returno do Brasileirão’2010. O goleiro Fábio e outros jogadores do Cruzeiro, além de dirigentes mineiros, reclamaram de gol anulado de Farías e de outros erros do juiz e bandeirinhas. O técnico Cuca disse que não que ajuda dos juízes, mas só que eles apitem direito e não prejudiquem os mineiros.

Além de golear um dos favoritos ao título brasileiro e subir na tabela, o Santos acredita ter afastado, de uma vez, imagem negativa gerada pela confusão entre Neymar e Dorival Júnior, que acabou sendo demitido na terça-feira passada. “Acho que o Santos mostrou que tem um grupo unido, que não tem problemas e está vivo na competição”, disse o capitão Edu Dracena, autor do segundo gol do Santos. O Cruzeiro começou jogando melhor e o Santos custou a se impor. Aos 16 minutos, o Cruzeiro fez gol com Farías, mas foi marcado  impedimento e os mineiros perderam outra chance de vencer aos 34 minutos. Thiago Ribeiro atacou em velocidade pela direita e chutou cruzado, acertando a trave esquerda. A bola voltou no corpo do goleiro Rafael e quase entrou no gol.

O Santos reagiu no segundo tempo e acabou dando uma goleada no velho rival. aos 9 minutos do segundo tempo,  Neymar chutou forte. O goleiro Fábio não conseguiu defender e Marcel aproveitou o rebote para marcar o primeiro gol. Cuca escalou Roger, Elicarlos e Robert na busca do empate e o Santos passou a jogar nos contra-ataque por estar com 10 jogadores com Eduardo expulso aos 18 minutos. O segundo gol do Peixe foi aos 24 minutos, quando Edu Dracena desviou a bola de cabeça, após cobrança de falta pela esquerda. O Cruzeiro foi para o ataque e conseguiu fazer seu gol com Thiago Ribeiro aos 34 minutos. Só que o gol não ameaçou a vitória santista.

Aos 43, Alex Sandro depois de bom passe de Neymar, deu o drible  em Edcarlos e, aos ver Fábio adiantado, deu um belo toque para encobrir o goleiro mineiro. Três minutos depois, Neymar avançou pela direita, passou pela defesa e deslocou o goleiro Fábio, marcando o quarto gol do Santos. Santos 4, Cruzeiro1. Agora, o  joga com o Atlético-GO, na quarta-feira, dia 29, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas , e o Santos enfrenta o Vasco na terça-feira ( dia 28), às 21 horas, em São Januário. Eis a ficha técnica da derrota do cruzeiro para mo Santos:
Santos 4 x 1 Cruzeiro

Santos – Rafael, Danilo, Edu Dracena, Durval e Léo (Zezinho); Roberto Brum, Arouca e Marquinhos (Adriano); Zé Eduardo, Marcel (Alex Sandro) e Neymar. Técnico: Marcelo Martelotte.

Cruzeiro – Fábio; Jonathan, Cláudio Caçapa, Edcarlos e Diego Renan (Robert); Fabrício (Roger), Fabinho (Elicarlos), Everton e Montillo; Farías e Thiago Ribeiro. Técnico: Cuca.

Gols – Marcel, aos 9, Dracena, aos 24, Thiago Ribeiro, aos 35, Alex Sandro, 43, Neymar, aos 45 minutos do segundo tempo.

Juiz: Péricles Bassols Pegado Cortez (Fifa/RJ).

Renda – R$ 192.530,00. Público – 9.542 pagantes.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s