Atlético renasce, Cruzeiro derrapa

Cruzeiro empate e perde chance de colar no líder

A disputa da rodada sabatina  na véspera da eleição presidencial e outros em todo Brasil, teve surpresas como os empates do Fluminense e do Corinthians, além de outros resultados, e para o futebol mineiro os destaques foram o renascimento do Atlético, conseguindo uma virada histórica, contra o Atlético de Goiás, por 3 a 2, ao apagar-das-luzes, no Estádio Serra Dourada, que não foi suficiente para o time sair da zona de rebaixamento, mas deu novo alento para a fanática e sacrificada massa alvinegra, e a derrapada do Cruzeiro que também ficou no empate de 0 a 0 com o Atlético Paranaense e não aproveitou os fracassos de seus concorrentes na briga direta pelo título brasileiro de 2010.

Se o Cruzeiro poderia ter tido mais determinação e chegar à vitória, que o colocaria entre o Timão e o Fluzão na classificação da turma na corrida para ser campeão brasileiro, deixando escapar dois pontos que vão fazer muita falta no futuro, por jogar em casa, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, e contar com o apoio total de sua torcida, bastando conferir que foi quebrado o recorde de público em Sete Lagoas com mais de 17 mil pagantes. O Atlético mostrou que ainda não está morto e teve sua primeira vitória com Dorival Junior e subiu uma posição na turma que se debate para não cair para a Segunda Divisão em 2011.

Na Arena do Jacaré, o Cruzeiro  não repetiu as atuações anteriores que o colocaram, por coincidência, junto com o Furacão da Baixada, como os melhores times  pós-Copa e principalmente no mês de setembro, com rendimento  superior aos demais 18 concorrentes, e desperdiçou a chance de ficar na vice-liderança, mas acabou mantendo o terceiro lugar, com 48 pontos ganhos.  No empate de 0 a 0, na  27ª rodada, o time azul tem  48 pontos e segue com um de desvantagem para o Corinthians e a quatro do Fluminense, líder isolado com 52 pontos. Na última grande eu aos 45 minutos do segundo tempo, , quando Montillo cruzou da direita e Robert cabeceou com precisão, o goleiro Neto estava  adiantado mas fez grande defesa, acabando com a esperança cruzeirense de ser vice-líder do Brasileirão’2010.  Nesta quinta-feira, o Cruzeiro joga com o Goiás Esporte, no Estádio Serra dourada, em Goiânia.

Eis a ficha completa da Raposa Azul com o Furacão da Baixada:

Cruzeiro 0, Atlético do Paraná 0

Pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, dia 2 de outubro de 2010sábado)
Juiz: Paulo Henrique de Godoy Bezerra (SC)
Público: 17.254 pagantes – Renda: R$ 229.932,50

Cruzeiro-Fábio; Rômulo (Jonathan), Cláudio Caçapa, Edcarlos e Pablo; Fabinho, Henrique, Everton (Roger) e Montillo; Thiago Ribeiro e Farías (Robert).Técnico: Cuca

Atlético-PR-Neto; Élder Granja, Manoel, Rhodolfo e Paulinho; Chico, Deivid, Branquinho, Paulo Baier (Nieto) e Ivan González (Guerrón); Bruno Mineiro (Maikon Leite). Técnico: Paulo Cezar Carpeggiani, que deixou o clube e agora será treinador do São Paulo.

No retorno ao Galo, Renan Oliveira deu o passe que garantiu a vitória

Na briga entre os xarás que se debatem para sair da zona de rebaixamento, o Atlético venceu o Atlético Goianiense por 3 a 2 com gol no final do jogo, no Estádio Serra Dourada, na noite de sábado. Os alvinegros deixaram o Serra Dourada comemorando  a vitória  e acreditam que vão poder mostrar mais força e qualidade na quarta-feira, à noite, contra o Corinthians, vice-líder do Brasileirão, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas . Atlético 3,  Atlético-GO 2,  foi  jogo de superação do time atleticano, que teve o gol da vitória aos 47 minutos do segundo tempo.

Eis a ficha da reação atleticana no campo do adversário sábado passado:

Atlético-GO 2 X 3 Atlético

No Estádio Serra Dourada, em  Goiânia.

Juiz: Wilton Pereira Sampaio (DF)  – Bandeirinhas : Alessandro Álvaro de Matos (BA) e Carlos Berkenbrocker (Fifa-SC)

Renda e público: R$ 50.260,00 com 3.183 presentes

Gols de  Róbston,  aos 10m; Diego Souza, aos 21m; Juninho, aos 38m ; Réver,  aos 31m e  Ricardo Bueno, aos  47 minutos do segundo tempo.

Atlético-GO– Márcio, Adriano, Jairo, Agenor e Thiago Feltri; Pituca (Erandir) ,Robston, Anaílson (Keninha) e William; Juninho e Diogo Galvão (Diogo Campos). Técnico: René Simões.

Atlético– Renan Ribeiro, Diego Macedo, Réver, Werley e Fillipe Soutto (Fernandinho); Zé Luis, Alê (Renan Oliveira), Serginho e Ricardinho; Diego Souza e Obina (Ricardo Bueno. Técnico: Dorival Júnior.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Atlético renasce, Cruzeiro derrapa

  1. Alex disse:

    Rogério,

    O Galo apresentou um péssimo futebol mas ganhou no sufoco.
    Mas contra o coringão não teremos o Réver e o equatoriano na zaga, somente o
    Werley, Lima e Carceres. Isso é grave, pois a zaga sempre toma gol na arena do
    jacaré e esses jogadores são ruins demais.
    Por incrível que pareça o empate é bom resultado e esses dois pontos perdidos
    deverão ser reconquistados em outro lugar, contra outro time. Se ganhar do Timão
    aí sim muda tudo e a chance de escapar aumenta consideravelmente. Como diz
    o Adilson Batista, vamos aguardar….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s