Atlético vence Zero e sai da zona da degola

Obina faz 3 e Galo leva a melhor no clássico

Um clássico sensacional de Atlético e Cruzeiro terminou com a vitória do Galo Carijó por 4 a 3, no Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia, no Triangulo Mineiro, e consequências importantes na classificação dos principais times mineiros no Campeonato Brasileiro de 2010.  Uma vitória impressionante dos atleticanos e uma queda perigosa dos cruzeirenses.

Com a vitória suada e sofrida, o Atlético conseguiu deixar a zona de rebaixamento e deu uma alegria especial para sua torcida que estava cansada e quase conformada com possibilidade de queda, outra vez, para a Segunda divisão. E o Cruzeiro acabou perdendo a liderança do Brasileirão’2010, quando era o favorito  do clássico estadual e  precisava apenas de um empate para seguir no primeiro lugar, superando o Fluminense, agora líder, e o Corinthians, que está em terceiro lugar depois de vencer o Palmeiras por 1 a 0, no Pacaembu.

No duelo de artilheiros que mexeu com os torcedores atleticanos e cruzeirenses, venceu o Atlético e principalmente o goleador Obina, novo ídolo da torcida alvinegra da Colina de Lourdes. Ele fez três gols atleticanos e Revér marcou o quarto da surpreendente e sensacional  conquista atleticana, que fez os torcedores alvinegros felizes e empolgados, com uma grande comemoração na noite deste domingo, dia 24 de outubro de 2010, com carreata, foguetório e buzinaço por toda BH e Região Metropolitana. Os gols do Cruzeiro foram de Gilberto e Thiago Tibeiro(2).

O clássico revanche do Brasileirão’2010 – no primeiro turno o Cruzeiro ganhou de 1 a 0, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas – válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi o  primeiro da a história  do futebol mineiro e pelo Campeonato Nacional  disputado em Uberlândia e vai marcar o retrospecto do maior jogo de Minas Gerais e um dos mais importantes do futebol brasileiro e mundial.

Enquanto o time do técnico Dorival Júnior sobe para o 15º lugar, com 34 pontos, superando o  Vitória da Bahia, o de Cuca permanece com 54  pontos ganhos e permitiu  o Fluminense assumir a ponta do Brasileirão’2010 no saldo de gols.

O clássico  em Uberlândia começou debaixo de  forte chuva em Uberlândia, o Atlético não se intimidou com a torcida rival e mandante do jogo, e precisou de apenas sete minutos para abrir o placar. Leandro avançou pela esquerda e cruzou para Obina  fazer o primeiro gol da noite no Parque do Sabiá. Obina marcou o segundo o terceiro gols ainda no primeiro tempo. O Cruzeiro perdeu um pênalti com Valter Montillo chutando para fora. No segundo tempo, Thiago Ribeiro fez dois gols e o final foi dramático, com Atlético 4, Cruzeiro 3. Inacreditável…

Para  a torcida guardar e relembrar o clássico que pode representar a reação atleticana para definitivamente fugir do pesadelo da Segunda Divisão e, também, representar a perda do título pelo time azul, eis a ficha técnica de Cruzeiro 3, Atlético 4,  no Parque do Sabiá.

Cruzeiro – Fábio; Jonathan (Pablo), Edcarlos,  Cláudio Caçapa e Diego Renan (Gilberto); Marquinhos Paraná, Fabrício, Henrique e Montillo; Farias e Thiago Ribeiro. Técnico: Cuca

Atlético – Renan Ribeiro; Rafael Cruz, Rever, Werlei e Leandro; Zé Luiz, Serginho, Renan Oliveira (Alê) e Diego Souza (Joedson); Diego Tardelli (Daniel Carvalho) e Obina. Técnico Dorival Junior.

Gols de Obina (3) para o Atlético e Gilberto e Thiago ribeiro (2).

Juiz Sandro Meira Risse com os bandeirinhas  Marcio Eustáquio Santiago e Guilherme Dias Camilo.

No final de semana que vem, Cruzeiro e Atlético  jogam no sábado, às 18h30m (de Brasília), por domingo ser o segundo turno das eleições presidenciais e de alguns governadores. A Raposa enfrenta o Grêmio Prudente, no interior de São Paulo, enquanto o Galo pega o Botafogo, na Arena do Jacaré. Antes, pela Copa Sul-Americana,  o alvinegro vai jogar com o Palmeiras,  na quarta-feira, às 19h45, também em Sete Lagoas.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

6 respostas para Atlético vence Zero e sai da zona da degola

  1. Alex disse:

    É Perez,
    Impressionante como o futebol é emocionante….
    É incrível como não existe lógica em um jogo de futebol…
    Favorito ou zebra ? Quem ganha ? É por isso que o futebol
    é o “esporte do mundo”. O Galo fazer 4 gols em cima do rival (e líder),
    e com muita sorte(o que sempre falta) foi demais….Nem durmi…
    O galo pega carona na sonda. Força galo! faltam apenas 7 metros, quer dizer,
    7 rodadas!

    • Caro Alex, tem razo. Futebol bom por surpreender sempre. Foi um clsico para valer e agora resta ao Galo mostrar que pode sair mesmo ( ainda corre risco) da degola e encantar sua torcida. o Cruzeiro esnobou e quase leva uma goleada humilhante. Mas pode se recuperar e, at, ser campeo. Falta sete rodadas para todo mundo. RP

      ________________________________

  2. Sua crônica faz lembrar os velhos jogos do confronto entre os arquirrivais mineiros. É a emoção que faz a história do futebol. O Galo retomou sua tradição de garra e superação, mesmo diante de um adversário, teoricamente, superior. Para Uberlândia ficará a lembrança de um time vencedor, certamente a influenciar a torcida local.

    • Grande Carlos Alberto, realmente foi um clssico como os do passado. O Atltico fez 3 a 0 e se tem mais tempo, o Cruzeiro poderia empatar ou, at, vencer. Um jogo de emoo, sete gols e muita garra. O Cruzeiro levou sufoco, perdeu pnalti e depois reagiu para buscar a liderana perdida. No adiantou. Um abrao e obrigado. Rogrio Perez

      ________________________________

  3. João disse:

    Nobre Rogério,

    Os 30 minutos iniciais deste clássico foram os mais incríveis e supreendentes da limitada história de títulos e de jogos do Galo. Nem o mais otimista atleitcano poderia imaginar tamanho feito como o de vencer o melhor e o mais eficiente time de Minas que sempre foi, é, e sempre será o Cruzeiro. Este acidente de percursso não tirará o título de campeão brasileiro que está por vir para coroar o eterno maior de Minas. Dá-lhe Zeroooooo!

    • Caro Joo, realmente aqueles 30 minutos com trs gols de Obina estontearam os cruzeirenses e at alvinegros. Vamos ver agora se o Arltico vencendo no Sul-americana, com o Palmeiras quarta, e o Botafogo pelo Brasileiro no sbado.E se o Cruzeiro reage a tempo de tentar ser campeo brasileiro. No se deve exagwrar nunca. Grato, RP

      ________________________________

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s