Neymar faz 2 gols, Galo empata e sai do rebaixamento

Tardelli desencanta, Galo empata e está fora da degola

No duelo entre o técnico Dorival Junior e o artilheiro Neymar, todos se saíram bem. O atacante santista e da Seleção Brasileira  fez dois gols e levou o Santos ao empate de 2 a 2 na noite deste sábado, 6 de setembro, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas e o Atlético conseguiu o empate com o Peixe, deixando momentaneamente a zona de rebaixamento, ficando em décimo sexto lugar  no Brasileirão’2010.

O clássico de Atlético 2, Santos 2, foi pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro e jogado debaixo de temporal, foi cheio de confusões dentro e fora de campo, chegando a ficar paralisado por 8 minutos, no final do primeiro tempo, quando uma falha no sistema de iluminação levou os jogadores a deixar o gramado e quando a luz voltou, o jogo foi reiniciado, com  quase 17 mil pagantes no estádio de Sete Lagoas.

O Santos saiu na frente com Neymar, aos 16 minutos do primeiro tempo, e o Galo empatou aos 33, com Diego Tardelli. No segundo tempo, Obina virou o placar para o Atlético aos 14 minutos e Neymar empatou para o Santos aos 21 minutos. Com o resultado, o Galo fez 36 pontos e subiu para a 16ª colocação, deixando a zona de degola. Na próxima rodada, o Atlético enfrenta o Flamengo, sábado, novamente em Sete Lagoas. Antes,  nesta quarta-feira, o time alvinegro enfrenta o Palmeiras, no Pacaembu,  no jogo de volta das quartas-de-final da Copa Sul-Americana, às 22 horas, tentando seguir na competição.

Devido à tempestade na Arena do Jacaré, logo aos quatro minutos, acabou a luz no estádio e o jogo recomeçou quase dez minutos depois, provocando protestos dos torcedores atleticanos e santistas. Com a volta da iluminação, logo aos 16 minutos, Neymar fez 1 a 0 para o Santos em chute de fora da área.

Aos 29 minutos, Zé Luis se machucou e Dorival Junior escalou Alê. Quatro minutos depois, Serginho cruzou da intermediária pela direita e  DiegoTardelli  cabeceou para empatar o jogo em  1 a 1 Quando faltavam três minutos para o final do primeiro tempo estádio ficou novamente sem a iluminação, que foi restabelecida minutos depois. Os times chegaram a deixar o gramado mas os jogadores voltaram e disputaram oito minutos, seguindo o empate de 1 a 1.

No segundo tempo, o Galo retornou  buscando a vitória e no  primeiro minuto, Réver marcou de cabeça depois de um escanteio pela direita, mas  o juiz anulou o gol do zagueiro atleticano, marcando falta de ataque. Sempre no ataque e apoiado pela torcida,  perdeu três jogadas de gol. O  Galo pressionava e conseguiu o gol da virada aos 14 minutos, quando Renan Oliveira chutou de fora da área  e Obina aproveitou o rebote de Rafael: Atlético,  2 x 1.

Aos 19 minutos, o Atlético quase ampliou em mais um cruzamento rasteiro de Diego Souza pela direita, mas o zagueiro fez o corte antes da chegada de Obina. Dois minutos depois,  aos 21 minutos ,Neymar empatou  novamente o clássico com Atlético 2, Santos 2. Depois do gol de empate do Santos, Diego Souza também se contundiu e foi substituído por Nikão. Aos 28 minutos, Nikão sofreu falta perto da área e Leandro cobrou na barreira. Aos 33, Obina deixou o campo para a entrada de Ricardo Bueno. Mas o jogo terminou sem outros gols. O empate acabou sendo bom para atleticanos e santistas, embora campeão mineiro siga correndo risco de cair para a Segunda Divisão. Eis  a ficha técnica do clássico de mineiros e paulistas:

ATLÉTICO 2 x 2 SANTOS

Pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro – Data: 06/11/2010
Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas
Gols: Neymar (dois), Diego Tardelli (33′) e  Obina (59′)
Público pagante: 16.771 – Renda: R$ 82.060,00
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF) – Auxiliares: Marrubson Melo Freitas (DF) e César Augusto de Oliveira Vaz (DF)
Cartões amarelos: Serginho, Alê, Nikão (Atlético); Adriano, Neymar (Santos)

Atlético- Renan Ribeiro; Rafael Cruz, Werley, Réver e Leandro; Zé Luis (Alê), Serginho, Renan Oliveira e Diego Souza (Nikão); Diego Tardelli e Obina (Ricardo Bueno). Técnico: Dorival Júnior.

Santos- Rafael; Maranhão, Bruno Aguiar, Durval e Pará; Adriano, Possebon (Marcel), Rodriguinho e Marquinhos (Alan Patrick); Zé Eduardo e Neymar. Técnico: Marcelo Martelotte.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Neymar faz 2 gols, Galo empata e sai do rebaixamento

  1. Alex disse:

    Rogério,

    Se o Galo não cair vai ser “mais por incompetência” do seus adversários (Z4) do que
    pelo próprio esforço.
    As rodadas estão ajudando o Galo e ele tem que aproveitar isso. Tem que ganhar do mengão e decidir contra o Goiás. Acho que com 43 pontos escapa (2 vitorias e 1 empate).
    Quanto ao jogo contra o Santos a meninada ficou de bronca com o Dorival mesmo,
    o Neymar fez dois gols, parece sacanagem…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s