Clássico sábado em Minas sem favorito

Cruzeiro e Atlético jogam sábado, às 17 horas, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o grande  clássico do futebol mineiro pelo turno de classificação do Campeonato Mineiro de 2011, que vai apontar os quatro semifinalistas para a disputa do título estadual da temporada. O Galo é o líder da disputa pelo critério de gols, o Cruzeiro segundo colocado ambos com seis pontos e o América de Teófilo Otoni está em terceiro lugar. Pelo rendimento dos dois times nas duas primeiras rodadas, ambos com duas vitórias, não há favorito e a Arena do Jacaré vai ficar lotada.

A segunda rodada do Mineirão’2011 começou quarta-feira com a vitória do América por 2 a 0  na Caldense, segue neste sábado com empate de 1 a 1 entre Ipatinga e Funorte,  no Ipatingão, e teve domingo além do clássico Villa Nova e Cruzeiro, em Nova Lima, com vitória de 1 a 0 do time azul,  e a goleada de 4 a 1 do  Atlético sobre o Tupi, na Arena do Jacaré, e  outra goelada de 5 a 3 do América de Teófilo Otoni sobre o Uberaba, no Uberabão, no Triângulo Mineiro.. E acaba nesta segunda-feira com Democrata e Guarani, em Governador Valadares, às 20h30.

Na goleada de 4 a 1 sobre o Tupi de Juiz de fora, domingo, na Arena do Jacaré, o Atlético mostrou  maior força de ataque depois que o técnico Dorival Júnior  mudou a formação atleticana, que perdia de 1 a 0 para o Galo de Juiz de fora. Veio a reação e a virada atleticana com dois gols de Neto Berola e dois de Magno Alves, os quatros no segundo tempo. Com os gols, o Atlético assumiu a liderança do Campeonato Mineiro  por ter mais gols e tenta derrubar o rival no clássico, mas não terá um desfalque no meio-campo, devido à expulsão de  Richarlyson, que levou o segundo cartão amarelo na vitória contra o Tupi. Pode não ter também o zagueiro Rever que saiu de campo reclamando contusão e depende da recuperação até sábado.

No Cruzeiro que venceu o Villa por 1 a 0 gol de  André Dias, em Nova Lima, a diretoria tenta colocar o zagueiro Victorino –  contratado e apresentado no final de semana como um novo reforço internacional – em condições  de enfrentar o Atlético, sábado, na Arena do Jacaré.

Mandante do clássico com o Atlético,  na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o Cruzeiro vai exigir a presença exclusiva de sua torcida na partida válida pela terceira rodada da fase de classificação do Campeonato Mineiro. A reunião para tratar do assunto está marcada para quarta-feira, na Federação Mineira de Futebol. O argumento do clube é “falta de segurança”, o mesmo usado pela PM no ano passado, quando foi vetada a presença da torcida cruzeirense no clássico do turno do Campeonato Brasileiro, com mando do Atlético. No returno, o jogo foi disputado em Uberlândia, com mando do Cruzeiro e apenas torcedores azuis.
“Nossa posição é a mesma da reunião do Arbitral do Campeonato Mineiro. Se o estádio só comportava uma torcida no clássico do ano passado, pelo Brasileiro, quando o mandante era o Atlético, ele também só comporta uma torcida agora, que o mando é do Cruzeiro. Não houve nenhuma mudança no estádio desde então”, explica o diretor de comunicação do Cruzeiro, Guilherme Mendes.

O Cruzeiro ainda é contra a cessão de 10% dos ingressos ao Atlético pelo fato de a Arena do Jacaré ter apenas um acesso, diferentemente do Mineirão e do estádio Independência, em Belo Horizonte. Confrontos de torcidas rivais no trajeto poderão ser evitados com a presença exclusiva de cruzeirenses segundo os dirigentes do vice-campeão brasileiro.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s