Cruzeiro dispara na Libertadores: 4 a 0

Wallyson em grande fase, faz 2 e comanda goleada cruzeirense

O Cruzeiro, vice-campeão brasileiro mostrou que está forte na disputa internacional e que busca, para valer, o tricampeonato continental, na goleada de 4 a 0 em cima do Guarani do Paraguai, nesta terça-feira, na Arena do Jacaré, em Minas. Com o resultado, o time azul confirmou o favoritismo e assumiu a liderança isolada do Grupo 7 da Copa Libertadores, com seis pontos e nove gols de saldo. O destaque  foi o centroavante Wallyson, que marcou os dois primeiros gols dos mineiros, liquidando os paraguaios. Farías e Thiago Ribeiro, escalados pelo técnico Cuca debaixo de chuva, no segundo tempo, fecharam a goleada dos mineiros.

O Guarani do Paraguai é lanterna da competição internacional, sem pontos. O Guaraní perdeu na primeira rodada por 1 a 0 para o Tolima, na Colômbia. O time paraguaio recebe, no próximo dia 9 de março, o Estudiantes, em Assunção, no Paraguai. Com 100% de aproveitamento, o Cruzeiro agora segue na disputa do Campeonato Mineiro. No próximo sábado, dia 26, o time azul vai a Teófilo Otoni jogar o América local, às 16h, pela quinta rodada do estadual. Na próxima rodada, o time mineiro enfrenta o Deportes Tolima, na quarta-feira, dia 3 de março, às 21h50, em Ibagué, na Colômbia.

Para o terceiro jogo da Libertadores, contra o Tolima, quarta-feira, fora de casa, o treinador anuncia que o time vai completo e preparado para jogar como visitante. “Vamos jogar bem fora, porque temos um time bem preparado. Aqui na Arena tivemos que sair para o jogo e tomar a atitude. Fora será um pouco diferente, mas vamos jogar bem”, afirmou.

Eis a ficha técnica da nova goleada do Cruzeiro na Libertadores da América:

CRUZEIRO 4 X 0 GUARANÍ-PAR

No Estádio Arena do Jacaré,  em Sete Lagoas.

Cruzeiro – Fábio; Diego Renan, Gil, Victorino e Pablo; Marquinhos Paraná, Henrique, Roger (Thiago Ribeiro) e Montillo; Wellington Paulista (Farías) e Wallyson (Dudu). Técnico: Cuca.

Guaraní-PAR – Aurrecochea; Filipini, Ithurralde (Pedro Chavez)(Bartomeus), Carballo e Marecos; Joel Benitez, Angelo Ortiz, Paniágua e Jorge Mendoza (Hobeckber); Júlio Benítez e Fabio Escobar. Técnico: Carlos Compagnucci.

Gols – Wallyson, aos 29 minutos do primeiro tempo; Wallyson, aos 18, Farías, aos 41, e Thiago Ribeiro, aos 43 minutos do segundo tempo.

Juiz – Raúl Orosco (Fifa-Bolívia).

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s