Cruzeiro atrás do tri da Libertadores

O Cruzeiro segue invicto e na luta pelo tricampeonato da Copa Libertadores da América. Venceu o Once Caldas da Colômbia por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, em Manizales, na Colômbia, e ficou perto da vaga nas quartas de final da Libertadores’2011. Agora, o time mineiro pode empatar no jogo de volta, na próxima quarta-feira, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas para avançar na disputa continental e, provavelmente, enfrentar o Santos de Neymar e cia, que disputa vaga contra o América do México e venceu também nesta quarta-feira.

Antes, no final de semana, o Cruzeiro joga com o América de Teófilo Otoni, em Sete Lagoas, na Arena do Jacaré, para confirmar sua classificação como finalista do Campeonato Mineiro de 2011, provavelmente contra o Atlético, já que venceu o América-TO por 8 a 1, em Teófilo Otoni.

Mesmo com problemas de altitude e de gramado ruim em Manizales, que fica a 2.153 metros acima de nível do mar, o Cruzeiro manteve a invencibilidade na Libertadores  de 2011, com seis vitórias e um empate.Sem  o artilheiro Thiago Ribeiro, o técnico Cuca lançou o atacante  Brandão,  contratado no Olympique de Marselha,da França. Fez dupla com Wallyson e teve estréia regular mas não conseguiu fazer o gol.

Depois de empate sem gol no primeiro tempo, Cuca  mudou o Cruzeiro para vencer o Once Caldas.  Tirou Roger e escalou  Everton e Brandão deu lugar a Ortigoza com as alterações  melhorando o time mineiro e garantindo a vitória azul.O primeiro gol foi aos 27 minutos. Ortigoza trocou passe com Montillo e cruzou para fazer 1 a 0 de cabeça. E aos 38 minutos, Ortigoza mostrou qualidades e fez  2 a 0. E aos 43 minutos, o time colombiano marcou seu gol, com Núñez,. Uma vitória importante e agora o Cruzeiro está perto de conseguir classificação.

Eis a ficha técnica de mais uma vitória do Cruzeiro na Libertadores de 2011:

Once Caldas 1 x 2 Cruzeiro, na Colômbia

Local – Estádio Palogrande, em Manizales (Colômbia).

Once Caldas – Martínez; Calle (Payoi), Amaya, Alexis Henríquez e Luis Núñez; Henao (González), Mirabaje (Micolta), Mejía e Carbonero; Rentería e Dayro Moreno. Técnico: Juan Carlos Osorio.
Cruzeiro – Fábio; Marquinhos Paraná, Gil, Victorino e Gilberto (Vitor); Leandro Guerreiro, Henrique, Roger (Everton) e Montillo; Wallyson e Brandão (Ortigoza). Técnico: Cuca.
Gols – Wallyson, aos 27, Ortigoza, aos 38, e Núñez, aos 43 minutos do segundo tempo.
Juiz – Victor Hugo Carrillo (Fifa/Peru).

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s