Cruzeiro é campeão contra Atlético

O Cruzeiro venceu  o Atlético por 2 a 0, neste domingo, 15 de maio, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, e conquistou o título de campeão mineiro de 2011. Como ganhou o primeiro clássico das finais, por 2 a 1, no domingo anterior, o Atlético precisava só do empate para ser bicampeão estadual. Mas na Arena do Jacaré só com torcedores cruzeirenses – na primeira partida foram  atleticanos – e mais de 17 mil torcedores azuis, a vitória cruzeirense fez a China Azul comemorar mais um título e conseguiu reduzir o impacto da perda da Libertadores da América.

A festa cruzeirense foi na Arena do Jacaré, em Belo Horizonte e por toda Minas Gerais. Na capital mineira, os cruzeirenses que viram, na maioria, o clássico final nos bares, restaurantes e casas de shows festejaram com carretas, foguetório e concentrações nas praças centrais e nos bairros. O time de Roger e companhia que vinha de eliminação precoce na Copa Libertadores da América para o Once Caldas  da Colômbia, que perdeu o confronto de ida para o Galo por 2 a 1,  reagiu, jogou para ser campeão mineiro e conquistou o título este domingo, ao vencer por 2 a 0. A retranca atleticana armada pelo técnico Dorival Junior  resistiu até aos 30 minutos do segundo tempo, quando Wallyson  fez 1 a 0 para os cruzeirenses. Aos 41 minutos, Gilberto decidiu  para o Cruzeiro.

Foi o 36º sexto título estadual do Cruzeiro. Nos clássicos, Cruzeiro e Atlético jogaram 427 vezes, sendo 168 vitórias do Atlético, 114 empates e 145 vencidos pelo Cruzeiro. O Galo fez 603 gols, enquanto a Raposa marcou 542 gols.

Das 18 finais diretas entre os clubes até hoje, o Cruzeiro venceu 11 e o Atlético ganhou seis. Em uma delas, em 1956, a Federação Mineira acabou declarando ambas as equipes campeãs da competição. A Raposa tem 36 títulos estaduais, contra 40 do rival Galo.

O Cruzeiro levou os títulos ao bater o rival em 1940, 1967, 1972, 1977, 1987, 1990, 1998, 2004, 2008, 2009, 2011. Já o Galo foi campeão em cima da Raposa em 1954, 1962, 1976, 1985, 2000 e 2007. No último título que decidiram, que acabou sendo no ano de 2009, já que em 2010 o Atlético acabou sendo Campeão vencendo o Ipatinga na final, o Cruzeiro goleou o Galo e garantiu o estadual daquele ano.

Eis a ficha técnica da decisão mineira de 2011:

Cruzeiro 2, Atlético 0

Na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas

Cruzeiro– Fábio; Leandro Guerreiro, Victorino, Gil e Everton (André Dias); Marquinhos Paraná, Henrique (Fabrício), Roger (Leo) e Gilberto; Thiago Ribeiro e Wallyson.Técnico: Cuca
Atlético– Renan Ribeiro; Patric, Réver, Leonardo Silva e Guilherme Santos (Bernard); Serginho, Fillipe Soutto, Giovanni e Renan Oliveira (Leleu); Magno Alves e Mancini (Richarlyson).Técnico: Dorival Júnior.

Gols: Wallyson,  aos 30 minutos e Gilberto, aos 41minutos do segundo tempo.

Juiz: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP). Bandeiras: Emerson de Augusto Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP).

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Cruzeiro é campeão contra Atlético

  1. Luiz Fernando disse:

    Rogério, realmente irritante a retranca armada pelo Dorival. E, quando pretende atacar, o que faz? Lança o Cláudio Leleu e deve ter-lhe dito: vai lá e resolve. Coitado do menino, que não havia mostrado nada nos jogos em que entrou e continua devendo. Agora, resta tentar resgatar o futebol para o Brasileiro.

    • Caro LFP: Com certeza o Atltico est perdido. Com o time atual e os reforos que no deram certono d para encarar o Campeonato Brasileiro, pelo visto. O risco ainda maior e concorrncia maior. O Galo que se cuide e traga uns dois ou trs craques ou ento pode ficar naquela ladainha de cai no cai para a Segundona. Gracias, RP

      ________________________________

  2. Errepê,
    Deixei prá fazer comentários hoje, passada a euforia, prá não dizer que a gente tripudiou em cima do Galo. Era visível a diferença de categoria dos times: enquanto o Galo tinha a meninada, o Zero tinha a experiência e o equilíbrio de um time forjado no conjunto, experiência mas, sobretudo, na técnica. Evidentemente que, numa final, os times se equivalem, porém, o Cruzeiro está anos luz na frente do Galo. É lamentável ainda ouvirmos bravatas do Kalil, iludindo a torcida e dizendo um monte de inverdades sobre o seu time, dando a entender que é um time de chegada. Pode até ser, mas se não tomar cuidado, vai frequentar novamente a série B e a torcida não merece isso. Quanto ao Zero, parabéns ao Cuca que, finalmente, consegue conquistar um título importante prá acabar de vez com essa uruca nele/dele. Bola prá frente que o Brasileirão vem aí e a gente vai com tudo. Se os Perrelas não fizerem nenhuma besteira (desmontar o time, vender jogadores importantes) seguramente, seremos um dos favoritos ao título. Quanto ao meu filho (atleticano) suportou com bravura o revés, pois ser atleticano é… muito difícil!, como diria o Pascoal. Neto

    • Neto, ser atleticano vai continuar sendo dificil mesmo e a nova saga atleticana na dispouta nacional j comea domingo contra o Atltico do Paran, o Furaco da Baixada de Curitiba. Uma coisa disputar o Campeonato Estadual- qualquer que seja ele- e outra entrar numa competio nacional. Mesmo sem termos grandes times e craques neste momento, h risco srio de o Atltico repetir anos anteriores e ficar entre os piores. S um milagre, com o time atual, colocar o Galo entre os favoritos. Pode acontecer mas complicado. Que os deuses do futebol tenham d da massa alvinegra. Gracias, RP

      ________________________________

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s