Cruzeiro e América vão mal. E pode piorar

Foi horrível  o primeiro clássico mineiro no Campeonato Brasileiro de 2011, nesta noite de sábado na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. O horário esdrúxulo , o tempo instável, o frio e as campanhas fracas do América e Cruzeiro pioraram ainda mais a situação dos velhos rivais do futebol mineiro e belo-horizontino. Não teve satisfação e alegria para ninguém em Sete Lagoas. O empate em 1 a 1 na Arena do Jacaré entre América e Cruzeiro deixou os dois clubes numa situação desastrosa na tabela da competição nacional.

O Cruzeiro deu vexame e completou cinco jogos sem vitória. Segue na chamada zona de rebaixamento, em  décimo – oitavo lugar com três pontos ganhos em 15 disputados e 12 perdidos.  E o América está na 15ª colocação também correndo risco de ficar na turma dos que podem cair de volta para a Segunda Divisão, com apenas 5 pontos ganhos em 15 disputados, desesperando torcedor americano neste começo de corrida pelo título brasileiro de 2011. Os dois times decepcionaram a torcida que foi para Sete |Lagoas apesar do frio, do horário indecente de 21 horas e previsão de fraco futebol. Menos de seis mil torcedores viram o fracasso de Cruzeiro e América. Um horror…

O América começou no ataque e impondo o esquema tático de Mauro Fernandes mas logo o Cruzeiro reagiu, equilibrou o clássico e  abriu o placar logo aos 15 minutos do primeiro tempo, depois de uma  falha da defesa do time americano. Na cobrança de falta pela esquerda do ataque azul feita por Walter Montillo, o volante Fabrício finalizou, de cabeça, sem chance para o goleiro Flávio.Com o gol, o Cruzeiro cresceu de rendimento aproveitando a decepção dos americanos.Montillo e Fabrício criaram novas possibilidades de gol mas o atacantes perderam gols quase feitos.

No segundo tempo, mesmo com o Cruzeiro  ainda jogando melhor,  O América empatou com Fábio Júnior. Amaral pegou a bola pela direita e chutou forte para dentro da área azul. O atacante Fábio Júnior desviou de cabeça sem marcação e venceu o goleiro Fábio ainda espalmou a bola, mas não impediu o gol. América 1, Cruzeiro, placar final. Agora, o América fica mais de uma semana sem jogar e recebe o Flamengo no dia 29, na Arena do Jacaré. O Cruzeiro joga, também em Sete Lagoas, contra o Coritiba no próximo sábado, dia 25 de junho.

Eis a ficha técnica de mais um clássico fraco e sem emoções do futebol mineiro:

AMÉRICA 1 x 1 CRUZEIRO

Arena do Jacaré, Sete Lagoas.

Juiz: Paulo Cesar de Oliveira; Bandeirinhas: Marcelo Carvalho van Gasse e Fabio Pereira

Público/Renda: 5.627 pagantes / R$ 87.145,00
Gols: Fabrício – 0x1 (15min) e  Fábio Júnior 1×1 (8min do segundo tempo)

América: Flávio, Otávio (Sheslon), Anderson, Gabriel e Gilson; Dudu, Amaral, Leandro Ferreira e Rodriguinho (Fabrício); Fábio Júnior e Alessandro.Técnico: Mauro Fernandes

Cruzeiro: Fábio, Pablo (Everton), Gil, Leo e Gilberto; Marquinhos Paraná, Henrique (Dudu), Fabrício e Montillo; Anselmo Ramon (Brandão) e Wallyson.Técnica: Cuca

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s