Brasil quer evitar drama da Argentina

Brasil e Argentina surgiam como favoritos antes de a Copa América  começar mas com os empates  contra a Bolívia, os argentinos, e  a Venezuela, os brasileiros, tudo mudou. Enquanto a Argentina empatou outra vez contra a Colômbia e entrou m crise e enfrenta a Costa Rica. Correndo risco até de ser eliminada na primeira fase da competição continental, agora o  técnico Mano Menezes mudou sua maneira de encarar a realidade e neste sábado,dia 9 de julho, contra o  Paraguai, no segundo jogo da disputa, está reavaliando a formação e também o esquema tático brasileiros, Os treinos para encarar os paraguaios foram mantidos em segredo e embora  possa ser o mesmo do empate de 0 a 0 com a Venezuela só terá time anunciado antes de a bola rolar no Estádio de Córdoba, reformado e feito para homenagear o centroavante Mário Kempes, herói da conquista argentina na Copa de 1978.

Antes do início da Copa 2011, a Argentina, era considerada a grande aposta para a conquista do título. Por jogar em casa, ter o melhor jogador do mundo- Lionel Messi, do Barcelona -, grande atletas em outras posições  e não vencer a Copa América em 18 anos.  Agora, com os empates contra a Bolívia (1 a 1) e Colômbia (0 a 0) tudo mudou e até Messi é questionado.

Devido ao fracasso argentino e o empate brasileiro, o técnico Mano Menezes, está preocupado e  nesta sexta-feira fez um alerta:.“Disse que o decorrer da competição apontaria os favoritos. Você pode apontar antes do início do torneio a Argentina pelo fator local, pela história, pela qualidade dos jogadores. Mas somente a competição mostraria com clareza quem seriam os favoritos até o final. Com as primeiras rodadas jogadas, nós temos uma Copa América aberta. E se confirma o que eu disse que teríamos uma paridade maior, observando o nível da Copa do Mundo e o trabalho que cada uma tem feito”, analisou o técnico da Seleção Brasileira.

Mano comentou ainda o novo tropeço da Argentina na Copa América. “Tudo depende dos jogos, do que o adversário faz durante as partidas. Foi o que ocorreu no primeiro jogo do Brasil e da Argentina. Agora temos uma segunda rodada, a Argentina voltou a encontrar dificuldades. Eles estiveram mais perto da derrota do que da vitória. Mas não podemos esquecer a Colômbia, que fez um grande jogo. A partir de agora, nós vamos pensar no Brasil. Temos que fazer um jogo melhor mesmo tendo um adversário melhor. Gosto da responsabilidade compartilhada e vejo no Paraguai uma equipe que pode compartilhar essa responsabilidade com o Brasil”, disse.

Ele acha que os dois empates e possibilidade até de Argentina ficar fora da fase decisiva é um exemplo que ninguém é favorito e que o Brasil tem acertar no ataque, melhorar os passes e derrotar o Paraguai para  retomar o favoritismo dado até pelos adversários. Na tarde deste sábado, no Estádio Mário Kempes, é esperar que o Brasil vença e possa conquistar o tricampeonato da Copa América na hora da decisão. Forza, brasileiros, neste sábado, enquanto os argentinos enfrentam a Costa Rica na  segunda-feira, dia 11…

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Brasil quer evitar drama da Argentina

  1. luiz fernando disse:

    Rogério, o Brasil já mostrou que não tem, nesta Copa América, futebol melhor que a Venezuela. Infelizmente, o talento está nivelado por baixo. A Argentina não quis ficar atrás e também nada apresentou até agora. Mas, contra a Costa Rica, não é possível que dê vexame. Tá danado demais! Porém, é preciso acreditar que o bom futebol vai acabar prevalecendo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s