Atleticanos e mídia comemoram derrota, é demais da conta

É inacreditável  e mostra que os atleticanos estão se acostumando com as derrotas e a sequência de vexames do Galo Carijó nas disputas estaduais, nacionais e internacionais e nem se importam muito com as derrotas seguidas, muitos chegando a comemorar que o time tenha sido eliminado da Copa Sul-Americana com a argumentação, indefensável, que assim o técnico Cuca, dirigentes e jogadores poderão se concentrar na recuperação no Brasileirão’2011 e na volta, no segundo turno, para  uma posição digna na competição nacional.

Bastam ver as manchetes, comentários e justificativas de setores do clube e das mídias para a nova derrota, de1 a0,  para o Botafogo nesta terça-feira, no Estádio  Engenhão, no Rio. O gol de Herrera, cobrando pênalti no final do primeiro tempo, fez o Fogão passar para a nova fase da Sul-Americana e o Atlético ficar de fora de mais uma possibilidade de conquistar um título e uma vaga na Libertadores da América de 2012. Alegam os eternos otimistas  e confiantes torcedores, dirigentes e parte da mídia, que foi melhor assim para o Galo poder se preparar, tranquilamente, para o Campeonato Brasileiro, que já no final de semana tem o clássico atlético x Cruzeiro, no encerramento do primeiro turno nacional.

Foi a quinta derrota seguida do Atlético  e a terceira contra o Botafogo – duas pela Sul-Americana e uma pelo Campeonato Brasileiro – e mais um fracasso atleticano na temporada de 2011. O time mineiro perdeu o Campeonato Estadual para o Cruzeiro, foi eliminado da copa do Brasil e agora da Copa Sul-Americana. No Brasileirão’2011, o Atlético está em situação vexatória, correndo risco de cair para a Segunda Divisão. Está em décimo-oitavo lugar, na frente apenas do Avaí e do América, na zona de rebaixamento. É o time que mais perdeu no Campeonato Brasileiro  e faz uma campanha medíocre com 27% de aproveitamento. Em 18 jogos, o Atlético tem 15 pontos ganhos, com quatro vitórias, três empates e  11 derrotas, marcou 23 gols e sofreu 36 gols, com saldo negativo de 13 gols. Impressionante…

Eis a ficha técnica da eliminação atleticana no Estádio Engenhão, no Rio:

Botafogo 1 x 0 Atlético

No Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio.

Botafogo – Jefferson; Lucas (Alessandro), Gustavo, Fábio Ferreira e Cortês (Márcio Azevedo); Marcelo Mattos, Lucas Zen, Felipe Menezes (Alex), Elkeson e Maicosuel; Herrera. Técnico: Caio Júnior.

Atlético – Renan Ribeiro; Serginho, Réver, Leonardo Silva e Eron; Fillipe Soutto, Dudu Cearense (Mancini),Richarlyson (Daniel Carvalho) e Caio; Guilherme e Jônatas Obina (Magno Alves). Técnico: Cuca.

Gol – Herrera (pênalti), aos 46 minutos do primeiro tempo.
Juiz – Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s