Clubes de BH brigam pelo rebaixamento

Ninguém aguenta mais tanto sofrimento das torcidas dos clubes belo-hozontinos na briga dos três pelo rebaixamento para a Segunda  Divisão na temporada de2012. Acada rodada não se faz contas de quem pode ser campeão, de ficar no Grupo dos 4 que vão para a Copa Libertadores da América ou até da Copa Sul-Americana com na maioria dos times do Rio e São Paulo, mas sim qual vai ser eliminado no Brasileirão’2011. O América foi o que conseguiu melhor resultado, mas mesmo assim segue na delicada posição de lanterna da competição, sem grande possibilidade de escapar da eliminação, exceto se acontecer um milagre esportivo daqueles que poucos esperam ou sonham. Arrancou um empate de1 a1 no Estádio do Canindé,em São Paulo, contra o Palmeiras, que também vive uma crise terrível e sua torcida está ameaçando jogadores como Kleber e o técnico Felipão. Os gols foram de Flávio Assunção para os paulistas e do atacante Kempes para os mineiros.

Neste domingo, dia 2 de outubro, o Atlético repetiu o placar do América, envergonhando novamente sua torcida, ao empatar com o Ceará Esporte, que estava com menos dois jogadores expulsos em boa parte do jogo no Estádio da Arena do Jacaré,em Sete Lagoas, e com o Galo Carijó seguindo  na zona de rebaixamento e provocando a ira e o desespero de sua grande torcida. E o Cruzeiro que prometia vitória contra o  Grêmio, no Estádio Olímpico,em Porto Alegre,  frustrando sua torcida acabou perdendo de2 a0 e seguindo  como um dos clubes que também podem entrar para o grupo dos desclassificados nacionalmente.

Na Arena do Jacaré, o Atlético  perdeu a chance de vencer o Ceará mesmo com dois jogadores a mais, neste domingo,em Sete Lagoas. Oempate em1 a1 fez o time mineiro cair mais uma posição no Campeonato Brasileiro – para 18. ª, com 26 pontos, aumentando a crise. Já o Ceará tem 31 pontos e também segue ameaçado pelo fantasma do rebaixamento, permanecendo no 15.º lugar. Na próxima rodada, o Atlético faz o clássico contra o América na Arena do Jacaré e o Ceará enfrenta o Figueirense,em Fortaleza. Olateral Carlos César fez o gol mineiro e Leandro Chaves empatou para os cearenses.

No Estádio Olímpico,em Porto Alegre, o Cruzeiro ficou em situação desesperadora e correndo risco de entrar na turma do rebaixamento ao perder do Grêmio por2 a0. Os gols dos gaúchos foram de Rafael Marques, depois de bola na trave chutada por Brandão, ex-cruzeirense, e de Escudero. No meio da semana, o Cruzeiro vai enfrentar o São Paulo, na Arena do Jacaré,em Sete Lagoas,  na estreia do treinador Vagner Mancini em Minas, já que no primeiro jogo dele  no Sul foi derrotado pelos gremistas, com o campeão mineiro, entrando na vaga de Emerson Ávila. Um final de semana para aborrecer e envergonhar a torcida mineira.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s