Cruzeiro se debate para não cair na zona de rebaixamento

O jogo do Cruzeiro contra o São Paulo nesta quarta-feira, dia 5 de outubro,  foi antecipado da 28ª rodada para a turma global ter um clássico meio desprestigiado de mineiros e paulistas para  suspender a rodada e poder mostrar em rede nacional mais um amistoso da Seleção Brasileira de Mano Menezes, direto da Costa Rica, sem problemas e sem concorrência com outras atrações. E será um daqueles jogos duros e sem previsão já que o campeão mineiro vem de derrota feia contra o Grêmio, domingo, no Estádio Olímpico,em Porto Alegre, quando ficou na boca de entrar na turma da zona de rebaixamento, e o  Tricolor Paulista fez o Flamengo renascer em meio à festa da volta de Luiz Fabiano, no jogo de cariocas e paulistas no Morumbi, também ficando em situação complicada na competição.

Sem ganhar  no returno do Brasileirão’2011, com dois empates e sete derrotas, o Cruzeiro terá de se impor aos paulistas e tentar começar uma reação para não acabar desmoralizado e como candidato forte para cair, pela primeira vez, para a Segunda Divisão, se juntando aos times da degola, entre eles o Atlético e o América, já entre os prováveis eliminados.

Abrindo a 28ª rodada  o Cruzeiro precisa vencer contra o São Paulo, nesta quarta-feira, às 21h50, na Arena do Jacaré,em Sete Lagoas, para não entrar na zona de rebaixamento pela primeira vez na competição e aumentar a reclamação e os protestos da China Azul, que não aceita ver o clube numa situação desesperadora e jogando tão mal. Até o goleiro Fábio deu entrevista cobrando mais ação e rendimento do time azul,  lembrando que no final de semana passado, times que estavam embaixo do campeão mineiro na tabela, estão encostando e quer reação imediata  a ameaça maior ao clube  azul de BH, vem do Atlético-PR, que no último domingo ganhou do Internacional por2 a0 na Arena da Baixada, ultrapassou o Atlético Mineiro e chegou a 27 pontos, dois a menos que o Cruzeiro, que dos últimos 24 pontos disputados conquistou apenas dois (com aproveitamento de 8,33% que é número de time eliminado segundo os matemáticos e analistas de números no futebol).

No próximo domingo, às 18h, o Atlético-PR enfrenta o  Avaí no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, e se vencer a partida, contando com derrota cruzeirense no meio de semana, deixará a zona de rebaixamento.

“A gente ficou essas oito rodadas aí e as outras equipes que estão na zona de rebaixamento conseguiram principalmente vencer e encostar. A gente está numa situação que realmente precisamos nos impor nas dificuldades”, destacou o goleiro e capitão Fábio que normalmente é mais ponderado e não gosta de cobrar, em público dos companheiros e dos resultados do clube.

Para Fábio, que junto com o argentino Valter Montillo, é destaque cruzeirense em meio ao fracasso geral no clube comandado agora por Vagner Mancini, a posição do Cruzeiro só não é pior ainda porque concorrentes diretos na luta contra o rebaixamento não estão conseguindo aproveitar essa às perdas azuis e também vão falhando como o Galo Carijó que empatou com o Ceará domingo passado, mesmo com vantagem de ter dois jogadores a mais que o adversário.

“Temos que entrar e saber da dificuldade que estamos tendo, ter ciência, não estamos pior ainda porque as outras equipes não estão conseguindo pontuar”, disse Fábio. É o caso do rival Atlético-MG, que se vencer o América-MG no próximo sábado na Arena do Jacaré e em caso de derrota azul contra o São Paulo, chegará aos mesmos 29 pontos e oito vitórias do adversário, que, no entanto deve quatro gols, contra 12 dos atleticanos.

Fábio diz que não é por falta de conversa que o Cruzeiro está em situação complicada, mas sim por falta de atitude dentro de campo. “Conversar, a gente conversa todo dia, na concentração, antes do jogo, antes da oração, antes de pisar em campo, mas a atitude tem que ser quando pisamos em campo, ali ninguém pode ser influenciado, e sim influenciar com o seu futebol”, disse ele, cobrando nova postura cruzeirense para sair da crise que o clube se meteu neste segundo semestre da temporada de 2011.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Cruzeiro se debate para não cair na zona de rebaixamento

  1. luiz fernando disse:

    Rogério,

    nessa agonia dos times mineiros, ouvi outro dia na TV que os jogadores das três equipes têm dignidade, confiança e outras coisas mais. Nenhuma referência a futebol, habilidade com a bola, talento… Como você diz, tá danado, cruz-credo.

    • LFPerez, pelo menos o Cruzeiro no perdeu e o jogo teve seis gols. Ainda no venceu no returno e segue assustando sua torcida e at os adversrios.Uma razo para o fraco rendimento do futebol mineiro no Brasileiro’2011 a falta de uma mdia maissrie e responsvel. Mas o problema em todos setores e vamos vivendo. Gracias, RP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s