Brasil vence de virada sem empolgar

Mesmo com mais uma atuação que não empolgou nem mostrou grandes progressos em relação a jogos anteriores, a Seleção Brasileira conseguiu uma vitória de virada sobre o México, por 2 a1, em Torreón, na noite desta terça-feira, para ganhar força e preparação para a Copa das Confederações em 2013 e a Copa do Mundo de 2014. O Brasil foi salvo pelo talento de três titulares: o goleiro Jefferson, que pegou um pênalti (quando o jogo já estava 1 a0), Ronaldinho Gaúcho e Marcelo, que viraram a partida para a seleção quando tudo já parecia perdido, no final do segundo tempo.

O Brasil que foi melhor no primeiro tempo mais pela atuação de Hulk, saiu para o intervalo já com um jogador a menos, por Daniel Alves ter sido expulso, por reclamação, no pênalti que ele cometeu e que Jefferson pegou. David Luiz, contra, marcou para os mexicanos.

Em cobrança de falta, Ronaldinho Gaúcho empatou o jogo, encerrando longo tempo sem marcar que durou quatro anos com a camisa da seleção. Para a virada brasileira,  Marcelo fez um golaço e decretou a vitória do time de Mano Menezes contra os hermanos mexicanos.
Agora, dentro de um mês, o próximo compromisso da Seleção Brasileira  será contra um adversário em que a vitória é quase uma obrigação para o time de Mano Menezes. O Brasil vai enfrentar o Gabão, que recebe a seleção brasileira no dia 11 de novembro. O jogo vai ser para inaugurar o Estádio de Libreville, que deverá sediar a final da Copa Africana de Nações do ano que vem. A obra foi bancada pelo governo chinês – assim como o Estádio Nacional de San José, na Costa Rica, que recebeu o Brasil na sexta-feira passada, na América Central. Eis a ficha técnica da nova vitória dos brasileiros:

México 1 x 2 Brasil

No Estádio Corona, em Torreón, no México.

México: Sánchez; Juárez (Pérez), Rafa Marquez, Rodríguez e Salcido; Castro, Guardado, Torres (Moreno) e Barrera (Andrade); Giovani dos Santos (Peralta) e Chicharito Hernandéz. Técnico – José Manuel de la Torre.
Brasil: Jefferson; Daniel Alves, David Luiz, Thiago Silva e Marcelo. Lucas Leiva, Fernandinho, Lucas (Adriano) e Ronaldinho Gaúcho (Hernanes); Hulk (Jonas) e Neymar (Elias). Técnico – Mano Menezes.
Gols – David Luiz (contra), aos 10 minutos do primeiro tempo. Ronaldinho Gaúcho, aos 34, e Marcelo, aos 38 minutos do segundo tempo.
Juiz- Marlon Mejía (El Salvador).
Cartão vermelho – Daniel Alves.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s