Atlético e Cruzeiro contra líderes do Brasileirão’2011

Cruzeiro x Corinthians na Arena do Jacaré em Minas e Vasco x Atlético, em São Januário, no Rio, são os dois clássicos que vão mostrar mineiros, paulistas e cariocas envolvidos buscando objetivos diferentes pela  30.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto o Corinthians e Vasco da Gama lutam para ver quem fica na liderança do Brasileirão’2011, tanto Atlético como Cruzeiro buscam três pontos para se afastarem da zona do rebaixamento para a Segunda divisão em 2012. O Galo Carijó está na turma da degola a três pontos do velho rival, que tenta se distanciar dos quatro ameaçados de ir para a Segunda Divisão.

Depois de vencer o Santos, o técnico Cuca já conta com nova vitória do Atlético, na partida contra o Vasco, neste domingo, mas para superar o adversário, o treinador atleticano tem vários problemas. O zagueiro Réver, da Seleção Brasileira, destaque na vitória sobre o Santos, o volante Pierre e o meia Bernardo levaram  o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Peixe, e terão que cumprir suspensão na partida contra o time carioca. Outros problemas para Cuca são o atacante Guilherme e o lateral esquerdo Triguinho, machucados na Arena do Jacaré, ficam fora do clássico de mineiros e cariocas.

Apesar dos desfalques sérios, o treinador atleticano prefere destacar as qualidades do grupo do Atlético, que segundo ele, vem trabalhando bem para quando for necessário entrar nas partidas e dar conta da competição nacional. Cuca diz que dentro do elenco mineiro todos trabalham da mesma forma, e que por isso, não existe grande diferença técnica entre titulares e reservas.

“Não é de se lamenta. Entra outro que vai jogar bem por estar bem treinado. Trabalhamos com 24, 25 jogadores do mesmo jeitinho. E é muito parelho, não tem diferença de qualidade grande. Às vezes temos dúvida de colocar um ou outro, e agora quem tem a oportunidade vai jogar. Perde alguma coisa que é o conjunto, mas ganha-se em outra que é a oportunidade”, disse o técnico do Galo Carijó.

Com 30 pontos no Campeonato Brasileiro, Cuca espera levar o Galo pelo menos até 43 pontos, número apontado pelo treinador como suficiente para salvar o time mineiro do rebaixamento. “O número que a gente trabalha é 43. Já teve ano que com 45 teve time que caiu, em 2009. No ano passado, se salvou quem chegou ao final com 42 pontos. Pode acontecer do pessoal de baixo ganhar e o número subir, ou cair. Temos que  nos preparar jogo a jogo”, explicou ele.

Para atingir o objetivo é importante somar pontos contra o Vasco, e Cuca vê dificuldades para enfrentar o time carioca. “A gente vai ter muita dificuldade, São Januário vai virar um caldeirão, vai estar cheio, e o time do Vasco está jogando muito bem. Mas estou otimista de fazer um bom jogo”, completou o técnico do time mineiro.

Já o técnico Vágner Mancini afirmou que o Cruzeiro precisa “machucar” o Corinthians no jogo deste domingo, às 16 horas, em Sete Lagoas, pelo Brasileirão. O treinador evitou confirmar a escalação da equipe, mas prometeu uma postura ofensiva diante do líder da competição. “Temos que encarar o Corinthians. Jamais vou jogar atrás, esperando. Ainda mais pela 30.ª rodada do Campeonato e  o jogo sendo dentro de casa, nosso estádio é lá em Sete Lagoas, então o Cruzeiro tem de ter postura de marcação, mas ser uma equipe agressiva, que ataque, que machuque o Corinthians. Senão você deixa a outra equipe de uma forma muito confortável em campo”, destacou o treinador.

Vágner Mancini não quis confirmar a escalação do seu time pelo fato de que ainda não sabe se poderá contar com o volante Fabrício e o lateral Diego Renan, que foram liberados para treinar, mas que ainda recuperam a melhor condição física. “A gente vai definir o time somente na hora do jogo. Não vou decidir antes. Vou aguardar a evolução do Fabrício e do Diego Renan até lá”, avisou.

Apenas um ponto à frente do arquirrival Atlético, que encabeça a zona do rebaixamento, o Cruzeiro precisa vencer o Corinthians para afastar o risco de fechar a 30.ª rodada entre os quatro últimos colocados. Por isso, Vágner Mancini pediu apoio total dos torcedores cruzeirenses no confronto diante dos corintianos. “Obviamente, contamos com o apoio do nosso torcedor, ele sabe a importância que tem nesse momento da competição, por isso eu peço que ele vá ao estádio, que encha que torça e jogue junto com a gente, porque é um fator determinante nesse momento”, destacou o técnico do campeão mineiro. Forza, mineiros…

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s