Atlético leva virada do Figueira e corre risco

A empolgação e confiança dos atleticanos foi demais e se esqueceram de combinar com o Figueirense, time-sensação do Campeonato Brasileiro de 2011, nesta segunda fase da competição, e com a derrota de 2 a 1, de virada, em Floripa, agora o Galo terá de vencer o Coritiba do Paraná, na Arena do Jacaré, para tentar escapar para valer do fantasma de nova queda da Segunda Divisão.

Depois de começar ganhando, ceder o empate e perder para o Figueira no final, o Atlético terá jogos complicados com o Coxa, na Arena do Jacaré; o Corinthians, no Pacaembu; o Botafogo  também na Arena do Jacaré; e para fechar o returno contra o Cruzeiro na Arena do Jacaré. Precisa pelo menos de duas vitória para atingir 45 pontos ganhos e pode deixar a torcida aliviada e vendo o Galo Carijó seguir na Primeira Divisão em 2012. Forza, Atlético.

Já o Figueirense alcançou sua melhor posição no Campeonato Brasileiro nesta temporada ao vencer o Atlético, de virada, por 2 a 1, neste sábado, em Florianópolis. O time catarinense agora  aumentou as chances de conquistar duas façanhas em 2011: uma vaga na Libertadores de 2012 e ainda o título do Brasileirão da temporada. Foi a sexta vitória consecutiva da equipe catarinense que agora está há 13 partidas invicta com uma arrancada sensacional no segundo turno brasileiro.

Com a vitória sobre os mineiros, o Figueirense dormiu na quarta colocação, com 56 pontos, dois a menos que os líderes Corinthians e Vasco, que completam neste domingo a 34.ª rodada. O Atlético, ainda ameaçado pelo rebaixamento é 14.º colocado com 39 pontos ganhos.  O Galo começou bem e fez o primeiro gol  aos 38 minutos, marcado pelo zagueiro Werley.

Aos 7 minutos do segundo tempo, aconteceu o gol de empate do Figueira com Wellington Nem, que contou com um frango do goleiro mineiro. Ele arriscou chute  de fora da área, a bola quicou e enganou o Renan Ribeiro na jogada.O time da casa, empurrado pela torcida, não desistiu e, aos 42 minutos, fez o gol da virada em jogada do lateral Bruno. Ele passou pela marcação de dois jogadores atleticanos e levantou a bola para Júlio César, cara a cara com o goleiro Renan, tocar para o fundo do gol. Figueira, 2 a 1.

Na 35ª rodada do campeonato, o Figueirense volta a jogar na próxima quinta-feira, diante do Flamengo, no Estádio Engenhão, em confronto direto pela Libertadores da América  e pelo título, dependendo dos resultados deste domingo. O Atlético recebe o Coritiba na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Eis a ficha técnica da virada do Figueira em cima do Atlético:

Figueirense 2,  Atlético 1

No Estádio Orlando Scarpelli, em Floruanópolis

Figueirense – Wilson; Bruno, Edson Silva, Roger Carvalho e Helder; Ygor, Túlio (Fernandes), Coutinho e Elias (Aloísio); Júlio César eWellington Nem (Heber). Técnico: Jorginho.

Atlético: Renan Ribeiro; Carlos César, Werley, Rever e Triguinho; Pierre, Fillipe Souto (Serginho), Daniel Carvalho (MarquinhosCambalhota) e Richarlyson (Dudu Cearense); Bernard e André. Técnico: Cuca.

Gols – Werley, aos 38 minutos do primeiro tempo. Wellington Nem, aos 7, e Júlio César, aos 42 minutos do segundo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s