Dia 9 é histórico no futebol brasileiro

O sábado, dia 9 de junho de 2012, entra para a história do futebol mineiro e brasileiro como o de atrações especiais que podem mudar o futuro do Atlético e da Seleção Brasileira. No Pacaembu, em São Paulo, o Galo Carijó lança sua maior contratação em todos os tempos, o atacante Ronaldinho Gaúcho, duas vezes maior do mundo, contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro de 2012, na quarta rodada. Já a Seleção Brasileira de Mano Menezes, dois anos depois de o treinador assumir o posto no lugar de Dunga, vai jogar contra a Argentina, nos Estados Unidos, na fase de preparação da Seleção Olímpica que vai disputar as Olimpíadas de Londres, no Reino Unido.

Se vencer a Seleção da Argentina, com Lionel Messi e outras estrelas, o time de Neymar, Ganso e cia, demonstra que está preparada para tentar o primeiro título olímpico da história do futebol. Nos três jogos anteriores, os brasileiro venceram a Dinamarca (3 a 1), depois os Estados Unidos de 4 a 1em Washington, e perderam para o México no grande estádio de Dallas e termina a série de preparação olímpica contra os argentinos, em New Jersey.  Para surpresa dos atleticanos, Mano Menezes que vinha mantendo Ronaldinho Gaúcho na lista dos que vão poder disputar as Olimpíadas de Londres, cortou o atacante do Atlético Mineiro que poderia ser um dos craques com mais de 23 anos que cada seleção olímpica pode levar a disputa internacional.

Enquanto Atlético e Seleção Brasileira têm desafios especiais  neste sábado, a torcida do Cruzeiro está vibrando com a virada do Cruzeiro  que conseguiu a façanha de vencer o Botafogo de 3 a 2, na noite de quinta-feira, no Estádio Engenhão, no Rio, depois de começar perdendo de 2 a 0. A China Azul vibrou com a reação cruzeirense que aconteceu em seis minutos e agora está confiante que o clube da Toca da Raposa poderá fazer uma campanha nesta temporada depois de fracassar no primeiro semestre. No Rio, o Botafogo se impôs na maior parte do clássico com os mineiros no Engenhão. Com 23 minutos do segundo tempo já vencia de 2 a 0 gols de Amaral contra e de Herrera. Mas o  Cruzeiro reagiu e venceu de virada numa emocionante partida para sua torcida.

Cinco minutos depois do gol de Herrera, o Cruzeiro respondeu aos 28 minutos, após escanteio cobrado e a sobra foi para Wellington Paulista que chutou, a bola desviou em Anselmo Ramon e entrou, diminuindo o placar e dando uma nova emoção ao jogo. E dois minutos depois, Montillo passou para Anselmo Ramon que cruzou para Éverton, que também acabara de entrar e cabeceou para empatar a partida. As mudanças de Celso Roth mudaram o panorama do Cruzeiro e do jogo. A situação do Botafogo ficou ainda pior, quando, aos 34 minutos, Milton Raphael derrubou Montillo na área e o juiz marcou pênalti. Wellington Paulista cobrou, enganou o goleiro carioca e virou o resultado da partida. 

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s