Balotelli brilha e leva a Itália à final com Espanha

Uma grande atuação de Mario Balotelli levou a Itália à final da Copa da Europa de 2012 no próximo domingo contra a Espanha, no Estádio de Varsóvia, na Polônia. Para decidir o título da competição européia, os italianos derrotaram mais uma vez  os alemães nesta quinta-feira, 28 de junho, em Varsóvia.  Balotelli marcou os dois gols da Itália no primeiro tempo, um com uma cabeçada de dentro da área e outro em jogada sensacional, quando recebeu a bola na entrada da área, dominou e soltou uma bomba para vencer o goleiro alemão. O gol dos alemães foi no final do segundo tempo, com Ozil cobrando pênalti.

Com mais uma vitória sobre seus tradicionais fregueses alemães, a Itália chegou a quarta vitória em duelos decisivos contra os inimigos tradicionais. Os italianos foram carrascos dos alemães nas semifinais das Copas do Mundo de 1970 e no Mundial de 2006.A maior conquista da Itá sobre a Alemanha foi  na grande final da Copa 1982, na Espanha. O time de Paolo Rossi e companhia, que eliminou o Brasil de Telê Santana e um time de craques inesquecíveis, no Estádio de Sarriá, acabaram conquistando o título de 82 derrotando os rivais na final em Madrid, no Estádio Santiago Bernabéu.

O técnico Joachim Low, da Alemanha, acreditava que ia ser finalista e  fez  mudanças no time alemão. Mario Gomez e Podolski, poupados no duelo contra a Grécia, retornaram à Seleção Alemã e Tony Kroos substituiu Muller no time titular. Já a Itália contava com a volta do zagueiro Chiellini, que se contundiu na partida contra a Irlanda, na fase de grupos. E contou com o centroavante Mario Balotelli em tarde inspirada e venceu até com certa facilidade o grande inimigo europeu.

A Itália tinha mais posse de bola e assustou em chute de Montolivo, que Neuer defendeu. O time de Cesare Prandelli insistia nas jogadas pela lateral esquerda do campo e foi assim que chegou ao primeiro gol. Cassano recebeu passe de Chiellini, deu um  drible emKhedira e cruzou para Balotelli completar de cabeça, sem chances para o goleiro  Neuer.

Mesmo com o gol italiano, a disputa seguia equilibrada. Gomez assustou em cabeçada para fora e Ozil chutou para a defesa de Buffon, enquanto a Itália apostava nos contra-ataques. E foi assim que os italianos ampliaram. Montolivo deu um belo lançamento para Balotelli, que em posição legal, soltou uma bombando ângulo do goleiro alemão. Itália, 2 a 0.Com os dois gols dessa quinta-feira em Varsóvia, Balotelli chegou a três gols na Euro’2012 e se tornou o maior artilheiro italiano em uma mesma edição da competição da Europa.

Em desvantagem no placar, o alemão Joachim Low mexeu na Alemanha  logo no intervalo do clássico da semifinal européia. Gomez e Podolski saíram para as entradas de Klose e Reus. A Alemanha partiu para cima da Itália, tentando descontar o marcador. Em seu primeiro lance, Reus chutou fraco para a defesa de Buffon. O goleiro e capitão italiano fez uma defesa milagrosa em falta cobrada pelo atacante alemão.

A Alemanha se lançou com tudo para o ataque e abria espaços na defesa para os italianos. Aproveitando o esquema alemão,  a Itália insistia nos contra-ataques e quase chegou ao terceiro gol com Marchisio. O meia da Juventus teve duas chances, em chutes cruzados, mas mandou para fora.Após a Itália abusar de perder chances de gol. O juiz marcou pênalti nos acréscimos e Özil descontou para os alemães. Eis a ficha técnica da semifinal de alemães e italianos:

ALEMANHA 1 X 2 ITÁLIA

No Estádio Nacional, em Varsóvia (Polônia).
No dia  28 de junho de 2012 (quinta-feira)

Juiz: Stéphane Lannoy (França)

Gols: Balotelli aos 19 e 35 minutos do 1º tempo; Özil aos 46 minutos do 2º tempo

ALEMANHA- Manuel Neuer, Jérôme Boateng (Muller), Mats Hummels, Holger Badstuber ePhilipp Lahm; Sami Khedira, Bastián Schweinsteiger, Tony Kroos e Mesut Özil; LukasPodolski (Reus) e Mario Gomez (Miroslav Klose).Técnico: Joachim Löw

ITÁLIA- Gianluigi Buffon, Balzaretti, Barzagli,Leonardo Bonucci e Giorgio Chielini; DanieleDe Rossi, Andrea Pirlo, Claudio Marchisio e Riccardo Montolivo (Thiago Motta); MarioBalotelli (Di Natale) e Antonio Cassano (Diamanti).Técnico: Cesare Prandelli

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s