Brasil relembra o primeiro título em 1958

A quarta-feira, dia 15 de agosto, feriado religioso em Belo Horizonte e outras cidades de Minas e do Brasil, vai ter à tarde, na Suécia, a lembrança da final da Seleção Brasileira contra a Seleção da Suécia, em 1958, que terminou com a histórica goleada de 5 a 2 e a conquista do primeiro título mundial dos brasileiros  assombrando os europeus e os amantes do futebol de todo mundo.. A Copa de 58 foi daquelas inesquecíveis e o time armado por Vicente Feola, gordo e bonachão treinador paulista, era espetacular e revelou para o restante do mundo dois craques especiais, o menino-rei Pelé, de apenas 17 anos, e o ponta-direita. Mané Garrincha, com seus dribles e sua simplicidade, que liquidava com as defesas e marcadores adversários.
 
No Estádio de Raasunda, que vai ser derrubado para dar lugar a um centro esportivo-social, naquele domingo, dia 15 de agosto de 1958, os brasileiro deram um show e deixaram os europeus encantados com tanta arte, categoria e raça. Um time que até hoje é reconhecido mundialmente e  só teve comparação com outro grande campeão, aquele armado por João Saldanha e reforçado por Mário Jorge Lobo Zagallo e ganhou a Copa de 1970, sendo tricampeão  mundial no Estádio Azteca, no México. Grande Brasil, que provou para o mundo que havia arte e talento abaixo do Equador, desbancando os donos do futebol da Europa.
 
Quatro dias depois de perder a final dos Jogo Olímpicos  de 2012, no Estádio Wembley, em Londres, no sábado passado, a Seleção Brasileira volta a jogar nesta quarta-feira, dia 15 de agosto,m em Estocolmo, na Suécia, contra a Seleção Sueca, na festa de despedida do Estádio de Raasunda, onde o Brasil foi pela primeira vez campeão mundial, goleado os suecos por 5 a 2 na final da copa de 1958. O Brasil, que perdeu o ouro dos Jogos Olímpicos para o México no último sábado (2 a 1), enfrenta a Suécia nesta quarta-feira, em um amistoso de despedida do Estádio Raasunda, mítico palco que recebeu a final da Copa do Mundo de 1958, vencida pela seleção contra os louros e empolgados suecos..
 
Naquela decisão, a equipe brasileira de Vicente Feola, liderada por Pelé venceu a Suécia por 5 a 2, conquistando o primeiro dos cinco títulos mundiais que possui, sendo os outros em 62 no Chile; em 70 no México e os outros dois em 94 nos Estados Unidos e  2002 na Coreia e Japão. Agora Raasunda, localizado nos arredores de Estocolmo, será substituído por um estádio que ficará perto do local do atual e se chamará Friends Arena. O ídolo brasileiro Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, juntamente com vários jogadores da Seleção de 1958, visitaram nesta terça-feira as instalações dos dois estádios, a convite da Federação Sueca e vão ser homenageados pelo feito de 1958 em Estocolmo.
Na festa de comemoração do título brasileiro de 58 e da despedida do estádio de Raasunda,  a participação da grande estrela da Suécia,, o atacante Zlatan Ibrahimovic, é dúvida devido a uma lesão no pé, segundo informou a  Federação Sueca de Futebol (SvFF). Ibra, que estreou sábado no Campeonato Francês com sua nova equipe, o Paris Saint-Germain, marcando dois gols contra o Lorient, foi atingido no pé direito e depende de revisão médica.”Estou melhor do que ontem, vamos ver como evolui, até o momento não tomamos qualquer decisão”, disse o atacante sueco.
 
“É emocionante jogar contra uma equipe como o Brasil, será uma boa experiência para nós antes das eliminatórias para a Copa do Mundo. Thiago Silva, meu companheiro de equipe no Paris Saint-Germain e no AC Milan é o melhor zagueiro do mundo”, afirmou Ibrahimovic sobre um possível confronto com o capitão da equipe olímpica brasileira.Ibra, 31 anos, com um recorde de 33 gols em 80 partidas pela Seleção Sueca, não perdeu nenhum encontro com a equipe nacional desde um amistoso contra o Catar em janeiro.Já a Seleção Brasileira Olímpica será reforçada por  Ramires, ex-Cruzeiro, e outros convocados para o amistoso pelo técnico Mano Menezes.
O Brasil disputa este amistoso com a tristeza de ter desperdiçado mais uma oportunidade de ganhar um ouro olímpico nunca conquistado nos Jogos Olimpicos até agora, o que ai tentar nas Olimpíadas de 2016, no Rio.A Seleção de Mano Menezes, favorita ao título que ainda não conseguiu, o único troféu que falta nas vitrines da Confederação Brasileira de Futebol, perdeu por 2 a 1 para o México, em Wembley, no sábado, amargando a medalha de prata. Mano, que pretendia usar os Jogos Olímpicos para confirmar várias promessas que formariam a base para a Copa do Mundo de 2014, deixa Londres com dúvidas sobre o plantel.
 
As dúvidas não estão relacionadas apenas aos jogadores, alguns meios de comunicação têm apontado para a saída do técnico e chegam a acreditar que o jogo contra a Suécia será o último dele pela Seleção Brasileira.”Quando um treinador ganha uma Copa do Mundo não é elogiado, então quando perde os Jogos Olímpicos …”, previu Mano Menezes, depois do fracasso olímpico. A maior parte da equipe olímpica brasileira está em Estocolmo, exceto Paulo Henrique Ganso, Bruno Uvini Bruno e Marcelo, que foi descartado por causa de sua expulsão no último amistoso do Brasil.Jonas (Valencia), Ramires (Chelsea), Daniel Alves (Barcelona), Dedé (Vasco da Gama) e Paulinho (Corinthians) são os cinco jogadores adicionados a lista depois dos Jogos Olímpicos para este amistoso.
Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s