Setembro foi horrível para o Atlético

O empate pífio quando a torcida atleticana esperava a vitória e a retomada da briga pela liderança do Campeonato Brasileiro de 2012 deixou o Atlético em situaçlão complicada na corrida pelo título da temporada. A Portuguesa sempre foi um adversário encardido, principalmente no Estádio do Canindé, e não deu outra. A Lusa começou vencendo de 1 a 0 e o Galo empatou mas não tem talento e nem força para vencer apesar de novamente se reclamar de erros do juiz, sempre favorável aos adversários do alvinegro de Minas. Com o empate de 1 a 1 que encerrou a fraca campanha do time em setembro, o Atlético ainda segue em segundo lugar mas se distanciando, perigosamente, do Fluminense, líder absoluto da competição nacional, e ainda permitindo o campeão mineiro a aproximação arriscada do Grêmio e do Vasco da Gama  que brigam também pelo primeiro lugar e pelas vagas da Libertadores da América.
 
O técnico Cuca, que vê seu time caindo de produção e a cada rodada perdendo pontos, jogadores importantes por contusão ou suspensão, havia previsto que setembro seria difícil para os atleticanos com jogos quarta e domingo e resultados desagradáveis e que acabaram com a vantagem conquistada no primeiro turno, quando o Atlético foi campeão simbólico e mostrou toda sua força de concorrente direto à conquista do Brasileirão’2012. Foria partidas duras e o Atlético caiu muito nos resultados e na tabela. Agora está distante do líder Fluminense e precisando recuperar os pontos perdidos em outubro com nova maratona de clássicos e jogos duros como disse bem o treinador Cuca depois do nova empate contra a Lusa em São Paulo. Para Cuca setembro  passou e os estragos foram previstos mas ele acredita que em outubro o Atlético vai se recuperar e conseguir equilibrar a tabela novamente  e o Atlético poder voltar a ser favorito para a conquista do bicampeonato brasileiro, repetindo a façanha de 1971 quando o Galo Carijó foi o primeiro campeão brasileiro, derrotando o Botafogo na final, dentro do Maracanã, a começar pelo jogo do final de semana contra  o Figueirense de Santa Catarina, em Belo Horizonte, no Estádio Independência.
 
Além de perder dois pontos e ficar quatro pontos atrás do Fluminense, mesmo sem deixar o segundo lugar, o Atlético ainda ficou sem o zagueiro  Leonardo Silva por jogo violento e foi expulso e desfalca o time contra o Figueira. em Minas. É um problema que está prejudicando o campeão mineiro nos últimos jogos com titulares importantes sendo expulsos e provocando  mudanças indesejadas do técnico Cuca. Bruno Mineiro fez o gol da Lusa e Bernard, depois de cobrança de falta de Ronaldinho Gaúcho, marcaram os gols de Portuguesa 1, Atlético 1, no Canindé.
 
O Atlético que vinha de duas derrotas para o Náutico, em Recife, por 1 a 0 e o Flamengo por 2 a 1, no Rio, em jogo adiado do primeiro turno, no Estádio Engenhão, e de um empate sem gols contra o Grêmio de Porto Alegre.Completando a quarta partida sem vitória, o Atlético manteve a vice-liderança, três pontos atrás do Fluminense e sem poder ser ultrapassado pelo Grêmio e Vasco da Gama. Mesmo decepcionando a torcida atleticana que espera vitória e reação contra a Portuguesa, o ponto conquistado contra o time paulista foi valorizando pelos jogadores e o técnico cuca. Para eles, seria mais grave a vitória e acreditam que o ponto ganho vai ajudar o Galo Carijó na sequência de jogos em outubro, prometendo melhor rendimento que em setembro.
 
Cuca não perdeu a fé no Atlético e na luta pelo titulo brasileiro. ” No geral, disse ele, é um ponto ganho e se se não é o que a gente queria, pode ajudar na busca do primeiro lugar. Teremos agora, o Figueirense em casa, com uma semana para treinos e recuperação de titulares. Temos de buscar a vitória no Estádio Independência no próximo final de semana  e a seguir vamos enfrentar o Internacional em Porto Alegre, seguindo com novo jogo em casa contra o Sport de Recife. e ainda clássico contra o Santos, na Vila Belmiro,  para completar com clássicos contra o Fluminense e Flamengo em casa, com chances para brigar novamente pelo título, em outubro, depois dos problemas de setembro”. Já o Cruzeiro que ficou no empate de 0 a 0 com o Internacional, em Varginha, também no sábado também está em posição pior, no meio da tabela de classificação e precisando reagir para lugar por vaga na Libertadores da América. Forza, Minas…
Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s