Agora, Atlético depende dos outros. Tá danado, gente!!!!

O Atlético foi campeão simbólico do turno com todo mérito e categoria e surgia como favorito para a conquista do título nacional de 2012, repetindo a conquista espetacular  de 1971, quando derrotou o Botafogo, em pleno Maracanã, e fez a massa atleticana feliz e festejando como nunca. Mas o returno não foi nada bom o time perdeu jogos e pontos inacreditáveis em setembro e agora em outubro a situação ainda piorou mais. A última derrota foi para o Internacional de Porto alegre, nesta quarta-feira, dia 10 de outubro, em pleno Estádio Beira Rio, que está em reformas para a a Copa das confederações em 2013 e para a Copa do Mundo de 2014. Os gaúchos venceram de 3 a 0 e deixaram os atleticanos desconsolados e temendo que o time, mesmo seguindo em segundo lugar, não tenha folego para recuperar o primeiro lugar, já que está a nove pontos do Fluminense, o líder brasileiro e virtual campeão brasileiro.
 
Faltam nove jogos para o Atlético tentar se recuperar  e o mais agrave daqui para a frente é que o campeão não pode mais perder pontos e ainda tem de torcer para que o Fluminense tropece pelo menos três vezes e os mineiros consigam retomar a liderança do Tricolor Carioca. É possível e matematicamente até provável mas como dizem os velhos sábios craques brasileiros para se tornar realidade o sonho dos atleticanos é preciso combinar com os demais adversários. em especial com o Fluminense que tem 65 pontos ganhos em 29 rodadas e venceu o Bahia de 2 a 0 enquanto o Galo Carijó levava goleada forma contra o Colorado no Beira Rio com gols de Jackson, Fred e Cassiano e com Jô perdendo um pênalti no final do segundo tempo. Os rivais mais próximos do Atlético, além do Fluminense, o mais perigoso e forte, tem de encarar o Grêmio que  joga nesta quinta-feira, dia 11 de outubro, contra o Sport, em Recife, e  o Vasco, que  que perdeu do São Paulo por 2 a 0, em São Januário, e está em quarto lugar com 50 pontos ganhos em 29 rodadas. 
 
Agora, o Atlético vai enfrentar o Sport Recife neste domingo, dia 14 de outubro, no Estádio Independência, às 16 horas, pela trigésima rodada, enquanto Cruzeiro que venceu a Lusa de 2 a 0 em Varginha,vai jogar com o Flamengo, neste sábado, dia 13 de outubro, no Estádio Engenhão, no Rio,  tentando melhorar sua classificação na tabela nacional. Está em nono lugar  com 39 pontos ganhos em 29 rodadas. A situação dos mineiros na disputa nacional é até boa nos números mas ambos pode repetir o fracasso do ano passado, quando ambos só conseguiram escapar da queda para a segunda Divisão e nada mais. Forza, Minas.
 
O Inter venceu o Atlético por 3 a 0 nesta quarta-feira, no Beira-Rio, em jogo da 29.ª rodada do Brasileirão’2012 e manteve suas esperanças de se aproximar da zona de classificação para a Copa Libertadores do ano que vem.O resultado beneficiou para o Fluminense, que venceu o Bahia por 2 a 0 e disparou na liderança do Campeonato Brasileiro, com 65 pontos. O Atlético continua em segundo, mas como estacionou nos 56 pontos viu suas chances de lutar pelo título serem ameaçadas. O Inter permanece em sexto, com 45 pontos, a cinco pontos do Vasco, quarto colocado, com 50 pontos.
 
Os dois times do Rio Grande do Sul e de Minas estavam descaracterizados pelos desfalques . O Internacional tinha sete reservas em campo e o Atlético  cinco. Mesmo assim, o duelo foi equilibrado durante todo o primeiro tempo, com uma grande chance para os visitantes, um chute por cobertura de Bernard, que Muriel defendeu, e duas para os mandantes, uma cabeceada de Rafael Moura e uma bomba de Josimar, ambas defendidas por Giovanni. O Atlético sentiu principalmente a falta de Ronaldinho Gaúcho que foi suspenso e viu o jogo junto com a família nas tribunas do Beira-Rio.
Mas no segundo tempo,  os reservas do Internacional desequilibraram, com grande atuação do meia Fred. O time gaúcho abriu o placar aos 21 minutos. Depois de cobrança de escanteio, a bola sobrou para Jackson dar um drible num zagueiro adversário e mandar um chute no ângulo.
 
Aos 33 minutos, depois de jogada coletiva, a bola chegou até Fred, que driblou o marcador e deslocou o goleiro. Aos 41 minutos, Dagoberto cruzou e Cassiano concluiu, fechando a vitória. O Atlético teve a chance de descontar aos 43 minutos. Jô cobrou um pênalti e Muriel defendeu.Eis a ficha técnica de Internacional 3, Atlético 0, no Sul.
 
INTERNACIONAL 3 X 0 ATLÉTICO
 
No Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.
 
INTERNACIONAL – Muriel; Nei, Jackson, Ygor e Kleber; Elton, Bolatti, Fred e Dátolo (Lucas Lima); Cassiano e Rafael Moura (Dagoberto). Técnico – Fernandão.
 
ATLÉTICO-MG – Giovanni; Marcos Rocha, Rafael Marques, Leonardo Silva e Junior Cesar; Serginho (Neto Berola), Fillipe Soutto, Bernard e Escudero (Leonardo); Guilherme (Carlos Cesar) e Jô. Técnico – Cuca.
 
GOLS – Jackson, aos 21, Fred, aos 35, e Cassiano, aos 41 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO – André Luiz de Freitas Castro (GO).
CARTÕES AMARELOS – Josimar, Rafael Marques e Serginho.
PÚBLICO – 4.088 (3.372 pagantes).
RENDA – R$ 48.435,00.
Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s