Atlético tem de vencer o Olímpia no Defensores del Chaco

Centenas de atleticanos já estão em Assunção, no Paraguai, para  a primeira das partidas pela decisão da Copa Libertadores da América de 2013. O bicampeão mineiro vai enfrentar o Olímpia do Paraguai no Estádio Defensores del Chaco e precisa vencer os paraguaios nesta quarta-feira, dia 17 de julho,   para ter tranquilidade e conquistar o título inédito  de campeão da copa Libetadores da América, no dia 24 de julho, próxima quarta-feira, em Belo horizonte, no Mineirão, por decisão da Conmebol que não aceitou os argumentos do Clube Atlético Mineiro e da CBF para que o time alvinegro da Colina de Lourdes tivesse o mesmo tratamento do Olímpia, que vai mandar o primeiro jogo das finais da disputa internacional no Estádio Defensores del Chaco, da prefeitura de Assunção, contrariando o regulamento que manda que os jogos das finais sejam em estádios com capacidade de 40 mil torcedores.
 
Como Defensores del Chaco tem capacidade para 36 mil torcedores, pela lei esportiva, o jogo teria de ser em um estádio com mais de 40 mil lugares onde fosse determinado pela Conmebol. Mas nem o presidente Alexandre Kalil, do Atlético, nem a CBF conseguiram convencer os dirigentes da entidade sul-americana e já foi decidido que a revanche será no Mineirão em Belo Horizonte. Assim, o Atlético não terá a vantagem do Independência, onde pelo refrão dos atleticanos, “caiu no Horto, saí morto” por desde que o Estádio do Horto foi reinaugurado, após as reformas para a Copa das Confederações, os mineiros nunca perderam um jogo sequer, chegando à marca de quase quarenta empates e vitórias contra todos rivais mineiros, brasileiros e internacionais. O Galo Carijó contava com o jogo no Independência para se impor e ganhar a Libertadores da América dentro do Alçapão do Horto. Agora, será mais importante o Galo vencer o Olímpia em Assunção e ficar em vantagem maior para conquistar a Copa Libertadores da América de 2013.
 
O Atlético está desde a noite de segunda-feira,dia 15, em Assunção, para tentar eliminar o rival e retornar para BH com o título praticamente garantido e poder fazer uma grande festa no Mineirão. O técnico Cuca está com todos titulares e reservas principais, tendo concentrado até Bernard, suspenso, e Donizete, que está machucado. Vai com o time quasde completo e espera impor a força e técnica de seu time diante dos paraguaios. O Olímpia também deverá ter sua força máxima e sonha em vencer o bicampeão mineiro e conquistar mais uma Libertadores da América.
 
O Atlético vai decidir o título da Libertadores contra os paraguaios do Olímpia, mas enfrentar o time de Assunção em decisões não é novidade para o clube, que tem boas recordações dos duelos contra o Olímpia. Os dois clubes se enfrentaram pelo título da recém inaugurada Copa Conmebol em 1992, na primeira edição do torneio, vencido pelo time mineiro.Os atleticanos vinham mal no Campeonato Brasileiro, se salvando do rebaixamento graças a uma reação na reta final que conseguiu salvar a equipe das últimas posições da tabela.
 
Desacreditado, o time viu na Copa Conmebol a chance de salvar o ano com um título e partiu para a competição com raça e amor como manda o hino do |Clube Atlético Mineiro.agarrou-a. Depois de eliminar Fluminense, Atlético Junior-COL e El Nacional-EQU, o rival na decisão seria o Olímpia-PAR.
 
O time do Atlético em 1992 contava com uma mescla de jogadores experientes como o goleiro João Leite e Paulo Roberto, com outros mais jovens, como Negrini e Ailton, que inclusive reencontraria o Olímpia dez anos depois na final da Libertadores, pelo São Caetano.
 
Na primeira partida, a torcida fez a sua parte e colocou 60 mil pessoas no Mineirão empurrando o Atlético para uma vitória de 2 a 0 sobre os paraguaios com dois gols de Negrini. No jogo de volta, no acanhado estádio Manuel Ferreira, em Assunção, o time mineiro perdeu de 1 a 0, resultado que garantiu aos mineiros seu primeiro título continental. Agora, a torcida atleticana espera ganhar outra vez, pela Libertadores da América e ficar com o título cointinental tal inédito. Arriba e forza, Atlético…
 
Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s