Cruzeiro e Atlético sonham com final da Copa de 2014

Faltando seis rodadas para o final do Campeonato Brasileiro de 2014 com o Cruzeiro líder invicto e absoluto da competição surgindo como virtual bicampeão nacional, com cinco pontos de frente para o São Paulo segundo colocado e o Atlético fora do G-4 mas ainda com possibilidades de garantir vaga para a Libertadores da América, as atrações são os jogos Atlético x Flamengo no Mineirão e Santos e Cruzeiro na Vila Belmiro, na Baixada Santista, nesta quarta-feira, dia 5 de novembro, à noite, pela Copa do Brasil.
São jogos de volta das semifinais da taça brasileira e a empolgação das torcidas cruzeirense e atleticana é dos dois grande clubes de BH e Minas conseguirem passar às finais da Copa do Brasil e acontecer uma inédita briga pelo titulo brasileironas finais da Copa dom Brasil, com Atlético x Cruzeiro em dois clássicos sensacionais. Finais que, se acontecerem baterem todos recordes de público e renda no Mineirão. Que venham dois clássico Atlético e Cruzeiro pelo titulo nacional. Viva o futebol mineiro e belo-horizontino.
Na rodada do final de semana, no domingo, dia 2 de novembro, o Cruzeiro ganhou do Botafogo de 2 a 1, no Mineirão, reafirmando sua condição de líder do Brasileirão’ 2014 em busca de nova conquista da tríplice coroa. Marquinho de Egídio, cobrando falta, marcaram os gols cruzeirenses com 15 minutos de jogo mas no segundo tempo, no chamado ao apagar das luzes, um gol contra do beque Leo, aos 46 minutos, quase complica a vida do atual campeão brasileiro.
Na próxima rodada, o Cruzeiro recebe o Figueirense no Mineirão, enquanto o São Paulo joga contra o Vitória em Salvador.  Nas rodadas seguintes, que podem decidir o campeonato, o Cruzeiro joga duas seguidas fora  de casa – Santos e Grêmio, em seguida vêm Goiás, em casa, Chapecoense, fora e Fluminense, no Mineirão.Eis a ficha técnica da vitória azul sobre o Fogão em Belo Horizonte: 
Cruzeiro 2 x 1 Botafogo
Pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, no  Mineirão.
Juiz: Elmo Alves Resende-GO
Bandeirinhas- Fabrício Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires (ambos de Goiás).
Público de 36.004 pagantes e renda:R$ 1.807.922,00.
 
Cruzeiro –Fábio; Mayke, Dedé, Leo e Egídio; Henrique, Lucas Silva (Nilton); Everton Ribeiro (Willian Farias), Júlio Baptista (Dagoberto), Marquinhos; Marcelo Moreno.Técnico: Marcelo Oliveira
Botafogo – Jefferson, Régis, Dankler, Rodrigo Souto e Junior Cesar; Andreazzi (Airton), Gabriel, Mario Bolatti (Ramirez) e Carlos Alberto; Murilo e Rogério (Jóbson) Técnico: Vágner Mancini
Gols: Marquinhos, aos quatro minutos; Egídio, aos 15 minutos; e de Leo (contra), aos 46 minutos do segundo tempo.
O Galo Carijó segue com 54 pontos, mesma pontuação do quarto colocado, o Fluminense, que leva vantagem pelo saldo de gols. O sexto (Grêmio) e o sétimo (Corinthians) também têm 54 pontos. Na próxima rodada, o Galo enfrenta o Palmeiras em São Paulo, sábado que vem.
A partir de agora, o Galo volta todas as atenções para a Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, às 22h, no Mineirão, o time joga para manter vivo o sonho do título. Derrotado por 2 a 0 pelo Flamengo no joga de ida, no Maracanã, o Alvinegro tem de vencer por mais de dois gols de diferença para avançar. Uma vitória por 2 a 0 leva a decisão da vaga para as cobranças de pênaltis.
Eis a ficha técnica da derrota do Atlético para o Furacão no Paraná:
ATLÉTICO-PR 1 X 0 ATLÉTICO
Jogo pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.
No Estádio da Arena da Baixada, em Curitiba
Juiz: Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ)
Bandeirantes: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Jackson Massarra dos Santos (RJ)
Atlético-PR – Weverton; Mário Sérgio (Otávio), Gustavo, Willian Rocha e Natanael; Deivid, Paulinho Dias e Bady (Hernani); Marcelo (Dellatorre), Cléo e Marcos Guilherme. Técnico: Claudinei Oliveira.
Atlético – Giovanni; Alex Silva, Edcarlos, Leonardo Silva e Douglas Santos; Pierre, Josué (Marion), Luan e Maicosuel (Jô); Diego Tardelli e Carlos (Cesinha). Técnico: Levir Culpi
Gol: Paulinho Dias, 42 segundos do primeiro tempo.
Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Cruzeiro e Atlético sonham com final da Copa de 2014

  1. luiz fernando disse:

    Não há dúvida de que os dois times têm méritos para fazer a final, mais que seus adversários. O Galo, porém, precisa jogar futebol, em vez de continuar investindo na fé. Esse ‘eu acredito’ está ficando insuportável, além de ter muito pouco a ver com a arte da bola.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s